SANTOS

Marinho reage ao racismo

Da Redação com agências
Da Redação com agências
Publicado em 01/08/2020 às 6:00
Leitura:

Um dia após sua expulsão na derrota do Santos para a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, o atacante Marinho chorou em um vídeo e lamentou ter sido associado à senzala pelo o comentarista Fabio Benedetti, da Energia 97 FM.

"Você (Marinho) é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez", disse Benedetti. Marinho foi expulso ainda no primeiro tempo pelas quartas de final. O atacante fez o gol que deu a vantagem para sua equipe. Com um a mais em campo, a Ponte virou o placar para 3x1.

"Quando acontece com a gente, a gente sente mais. E eu brigo toda hora. Por isso brigo pela causa, porque quando passamos na pele é horrível. E não podemos deixar isso passar. Eu sei quem eu sou, sei o valor que tenho. E aí, eu fico pensando, porque antigamente eu não tinha voz ativa, aí passavam despercebidas todas essas coisas", disse Marinho em vídeo publicado no Instagram. "E a justiça não pune esses caras preconceituosos, vermes", comentou.

"Tenho orgulho da minha cor, orgulho de onde vim, você é pai e ensine teus filhos a ser diferente de você em pensamento", completou o jogador, que perdoou o comentarista. Após a polêmica, Benedetti se desculpou nas redes sociais.

Comentários

Últimas notícias