SEGUNDONA

Após empate, Gilson Kleina elogia postura do Náutico, mas visa corrigir problemas defensivos

o técnico Gilson Kleina, do Náutico, falou em corrigir o sistema defensivo para evitar o que aconteceu na partida contra a Chapecoense.

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 19/09/2020 às 2:18
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Lance do jogo entre Náutico e o Chapecoense válido pela décima rodada do campeonato brasileiro de futebol série B, no estádio dos Aflitos em Recife, Pernambuco. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Visando o próximo adversário na Série B do Campeonato Brasileiro, o técnico Gilson Kleina, do Náutico, falou em corrigir o sistema defensivo para evitar o que aconteceu na partida contra a Chapecoense. Acontece que o Timbu estava garantindo a vitória por 1x0 até os 48 minutos do segundo tempo, quando a equipe catarinense recuperou a bola já no campo de ataque para conseguir empatar o placar.

"Foi um gol atípico. Uma bola do lateral que deveria ser para o lado e não para dentro. Mas temos que levantar a cabeça, trabalhar, corrigir, falar com os nossos atletas. O sistema ofensivo (adversário) acontece muito quando nós erramos o passe", pontuou Gilson Kleina.

Apesar de ter cedido o empate, o treinador alvirrubro avaliou positivamente a postura da equipe, que obrigou os pontas da Chapecoense a marcar os defensores do Náutico. "Tivemos muitas ações. O adversário estava mais preocupado em marcar do que jogar. Muitas vezes eu via o Moccelin e o Aylon (jogadores da Chapecoense), no último terço do nosso campo, acompanhando os laterais", destacou Kleina.

Mesmo desperdiçando muitas chances, o Náutico teve a maior posse de bola no jogo, principalmente na primeira etapa. "Nós conseguimos acuar o adversário, tivemos muitas ações pelo lado. Muitas coisas boas aconteceram, mas temos que conversar sobre esse lance do gol (da Chapecoense), corrigir, e deixar o time mais consistente", completou o treinador.

Ainda sem data para acontecer o confronto contra o Sampaio Corrêa, por causa da final do Campeonato Maranhense, o Timbu pode entrar em campo apenas na 12º rodada, contra o Cuiabá. A partida contra a equipe mato-grossense será na terça-feira (29), na Arena Pantanal, em Mato Grosso.

O Náutico entrará em campo desfalcado do seu principal jogador. Jean Carlos, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida contra a Chapecoense, estará fora da próxima partida do Timbu.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias