SÉRIE A

Rodada perfeita para Atlético-MG, que reassumiu a ponta do Brasileirão

Comandados do técnico Jorge Sampaoli venceram Corinthians por 2x1 e ainda viram derrota do Internacional e tropeço do Flamengo no Maracanã

JC
JC
Publicado em 14/11/2020 às 23:59
Notícia

PEDRO SOUZA/AGÊNCIA GALO
DE VIRADA Mesmo prejudicado pela arbitragem, Atlético-MG venceu o Corinthians - FOTO: PEDRO SOUZA/AGÊNCIA GALO
Leitura:

Em um sábado (14)  no qual quatro times poderiam terminar o dia na liderança - Internacional, Atlético-MG, Flamengo e São Paulo -, melhor para o Galo. O time mineiro venceu o Corinthians por 2x1, de virada, na Neo Química Arena, e pulou para 38 pontos. Os comandados do técnico Jorge Sampaoli ainda viram o Flamengo tropeçar e empatar por 1x1 com o Atlético-GO no Maracanã e ficar com 36 pontos, caindo para o quarto lugar. O Galo ainda tem um jogo a menos do que o Flamengo.

> Sport joga mal, perde por 2x0 na Ilha do Retiro e reabilita o Vasco

Jair Ventura: "Sport como um todo fez um jogo muito abaixo"

Neste sábado (14), o Atlético-MG levou um susto no começo do jogo. O gol do Corinthians saiu logo ao cinco minutos. Luan, da meia esquerda, lançou Ramiro do outro lado. Dentro da área, ele tocou para Davó, que penetrava em velocidade, marcar. A vantagem corintiana saiu logo depois de um erro do árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira, que na jogada anterior ignorou um pênalti em Gil no estreante Vargas - o zagueiro puxou o chileno na área, após perder na corrida. Dalonso mandou o lance seguir e o VAR não se manifestou.

O Corinthians continuou marcando forte no segundo tempo, impedindo o Atlético de fazer o jogo em velocidade que gosta. Sampaoli inverteu seus jogadores de frente, colocando Vargas pelo lado esquerdo e Keno pela direita, mas nem isso dava resultado.

Até que aos 15 minutos, numa jogada que começou com cobrança de lateral, Fagner afastou mal, Arana ganhou o rebote, tabelou com Vargas e bateu cruzado, rasteiro, para empatar. Isso encorajou o Atlético. Sampaoli tornou o time mais ofensivo, ao mesmo tempo em que o Corinthians dava sinais de desgaste, o que teve como consequência um afrouxamento da marcação. O time mineiro virou quando Keno passou como quis por Cafu e cruzou para Marrony virar o jogo com um toque certeiro e fazer o time reassumir a ponta do Brasileirão.

RODADA

Também postulante ao título, o Internacional perdeu para o Santos, 2x0, na Vila Belmiro, e está em segundo, com 36 pontos. Foi a segunda derrota do time com o técnico Abel Braga, que assumiu no lugar de Eduardo Coudet. O Peixe é o sexto, com 34.

O São Paulo também chegou aos 36, ao vencer o Fortaleza por 3x2 no Castelão e pulou para terceiro. O tricolor paulista tem dois jogos a menos do que o Atlético-MG e três a menos do que Flamengo e Inter. Também neste sábado: Goiás 0x1 Athletico-PR, Grêmio 4x2 Ceará e Palmeiras 2x0 Fluminense.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias