MANIFESTO

Hamilton se manifesta sobre caso João Alberto, morto em supermercado em Porto Alegre

Um dos esportistas mais engajados na luta contra o racismo, o piloto se manifestou neste sábado (21) sobre a morte de João Alberto Silveira Freitas, assassinado por dois seguranças em um supermercado da rede Carrefour, em Porto Alegre.

JC
JC
Publicado em 21/11/2020 às 18:19
Notícia

BRYN LENNON / AFP
RECORDISTA Pela 91ª vitória na F1, Lewis Hamilton recebeu capacete que era de Michael Schumacher - FOTO: BRYN LENNON / AFP
Leitura:

Um dos esportistas mais engajados por um mundo mais igualitário, o piloto britânico Lewis Hamilton, que sagrou-se heptacampeão de Fórmula 1 no último domingo (15), se manifestou neste sábado (21) sobre a morte de João Alberto Silveira Freitas, assassinado por dois seguranças em um supermercado da rede Carrefour, em Porto Alegre. 

O piloto da Mercedes usou as redes sociais para mostrar sua indignação. "Devastado por ouvir essa notícia. Outra vida negra perdida. Isso continua acontecendo e vamos lutar para que acabe. Enviando todos os meus pensamento e orações para o Brasil. Descanse em paz João Alberto Silveira Freitas", escreveu o piloto em sua conta no Instagram.

Dia Consciência Negra: Os maiores atletas da história na luta contra o racismo

Consciência Negra: atletas usam o esporte para combater o racismo

Hamilton tem sido voz ativa nos protestos antirracistas "Black Lives Matter" (Vidas Negras Importam). Durante a atual temporada da Fórmula 1, por diversas vezes ergueu o punho, expressando dessa e de várias maneiras e em diferentes ocasiões a sua preocupação com a causa.

Comentários

Últimas notícias