França

Neymar preocupa após deixar vitória do PSG sentindo lesão na coxa

O craque brasileiro foi substituído pelo francês Mbappé na partida

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 11/02/2021 às 11:37
Notícia

AFP
Neymar reclamou durante todo jogo da forte marcação do adversário - FOTO: AFP
Leitura:

O Paris Saint-Germain se classificou para as oitavas de final da Copa da França ao vencer o Caen, da Ligue 2, por 1 a 0 com um único gol do italiano Moise Kean (49), em partida em que o craque brasileiro Neymar deixou o campo pouco depois.

Após ser atingido duas vezes em três minutos, a última por Steeve Yago, 'Ney' permaneceu deitado no gramado durante vários minutos. Visivelmente irritado, ele trocou algumas palavras acaloradas com o defensor dos normandos.

Quando o jogo recomeçou, Neymar continuou a reclamar visivelmente sobre como estava sendo marcado e acabou indo direto para o vestiário aos 57 minutos.

Kylian Mbappé substituiu o brasileiro três minutos depois.

Em campo, Neymar parecia mancar e segurou a coxa, mas no corredor indo para o vestiário parecia andar direito, segundo imagens veiculadas pela televisão Eurosport.

LEIA MAIS

Real Sociedad vai enfrentar Manchester United na Itália pela Liga Europa

Atlético de Madrid e Chelsea jogarão na Romênia pela Liga dos Campeões por causa da covid-19

'Dou nota dez para esta equipe', afirma técnico do Barcelona

A condição física do astro brasileiro preocupa e é um assunto de grande importância para o PSG a menos de uma semana da visita ao Barcelona no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O time francês já não poderá contar com o argentino Ángel Di María, lesionado na coxa, para essa partida.

O jogo desta quarta-feira não teve muito brilho.Foram poucas oportunidades de gol no primeiro tempo (a mais nítida surgiu por meio do alemão Julian Draxler (42). A segunda etapa teve um PSG mais ofensivo mas conseguindo marcar apenas um gol.

Kean, balançou as redes em um contra-ataque comandado por Neymar pouco antes do brasileiro deixar o campo (49).

A equipe de Mauricio Pochettino teve outras três chances de decretar a vitória, mas também levou um susto a cinco minutos do fim, quando Zady Sery não conseguiu concretizar uma chance clara com um chute a 10 metros do gol (85).

Comentários

Últimas notícias