COPA DO NORDESTE

Ceará marca nos acréscimos e vence Bahia na primeira partida da decisão da Copa do Nordeste

A partida teve a transmissão da TV Jornal, com narração de Aroldo Costa, comentários de Maciel Junior e reportagens de Lílian Fonsêca.

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 01/05/2021 às 18:06
Notícia
JEFFERSON PEIXOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Bahia e Ceará disputaram a primeira partida da decisão da Copa do Nordeste - FOTO: JEFFERSON PEIXOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

Com um gol nos acréscimos, aos 47 minutos do segundo tempo marcado pelo atacante Jael, o Ceará venceu o Bahia por 1x0 neste sábado (1), no estádio de Pituaçu, em Salvador, no jogo de ida da final da Copa do Nordeste. A partida teve a transmissão da TV Jornal, com narração de Aroldo Costa, comentários de Maciel Junior e reportagens de Lílian Fonsêca. 

O Vozão se aproximou, desta maneira, do bicampeonato da competição e de seu terceiro título na história. Para ser campeão regional outra vez, o alvinegro cearense precisa apenas de um empate no próximo sábado (8), no Castelão, na partida de volta. 

O JOGO 

Logo aos 18 minutos, o Bahia ficou com um jogador a menos. O zagueiro Luiz Otávio deu um carrinho frontal e atingiu violentamente o atacante Lima. O árbitro piauiense Antônio Did de Souza nem precisou do VAR para expulsar o defensor do time da casa. Para recompor a defesa, Dado Cavalcanti sacou o meia Daniel e colocou o zagueiro Juninho.

Em desvantagem numérica em campo, o Tricolor de Aço teve que recuar, deixando a bola com o time cearense. Porém, o Vozão tinha dificuldade para penetrar na zaga baiana. A melhor chance veio Com Vina. O meia bateu falta com muita precisão, obrigando o goleiro Matheus Teixeira a fazer grande defesa aos 40 minutos. A bola ainda bateu no travessão e saiu. Lembrando que Matheus Teixeira só está jogando porque o titular Douglas foi infectado pelo novo coronavírus. Na semifinal contra o Fortaleza, aliás, o goleiro reserva do Bahia pegou dois pênaltis.

E no finalzinho da primeira etapa, o volante Charles (ex-Sport) resolveu repetir o que o zagueiro do Bahia Luiz Otávio fez no começo do jogo. Deu um carrinho em Nino Paraíba e também foi expulso.

Mesmo com mais espaço em campo, o jogo seguiu sem muitas chances de gol nos primeiros 20 minutos do segundo tempo. Exceto por um chute por cima de Rossi aos 17.

Logo depois, Guto Ferreira mexeu duplamente no ataque. Felipe Vizeu deixou o gramado para entrada de Saulo. Já Lima foi substituído por Pedro Naressi. Por sua vez, Dado Cavalcanti sacou Tharciano para entrada de Matheus Galdezani. Óscar Ruíz também entrou no lugar de Rossi.

E aos 45 minutos, quase o Bahia marcou o gol da vitória. Nino Paraíba cruzou e o goleiro Richard deu um tapa para trás e a bola bateu na trave. E quem não faz, leva. Aos 47, o atacante Jael cobrou falta, a bola desviou na barreira e morreu no fundo da rede do goleiro Matheus Teixeira. Foi o gol da vitória do Ceará. 

Comentários

Últimas notícias