COPA DO NORDESTE

Jogadores de Ceará e Bahia brigam no gramado do Castelão após a final da Copa do Nordeste; veja vídeo

A confusão teve início quando os jogadores do Bahia comemoravam o título de um lado do campo com muitos gritos.

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 08/05/2021 às 23:36
Notícia
LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
Briga entre os jogadores de Ceara e Bahia na final da Copa do Nordeste - FOTO: LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
Leitura:

Nem tudo foi festa na conquista do tetracampeonato da Copa do Nordeste do Bahia em cima do Ceará. Após o fim da partida, decidida nos pênaltis neste sábado (8), jogadores das duas equipes se desentenderam e promoveram cenas lamentáveis no gramado do estádio Castelão. 

A confusão teve início quando os jogadores do Bahia comemoravam o título de um lado do campo com muitos gritos. O colombiano Mendoza e Jael dispararam em direção aos rivais, atraindo outros jogadores do Ceará para a confusão, que se tornou generalizada. Houve socos, empurrões, pontapés e muita correria, precisando da ação de seguranças e policiais.

A briga durou mais de cinco minutos até que os ânimos fossem acalmados. Os jogadores do Ceará foram para os vestiários e não retornaram para a premiação das medalhas pelo vice-campeonato. 

CAMPEÃO

A violência contrastou com o belo jogo, que teve transmissão ao vivo pela TV Jornal. O Bahia venceu o Ceará por 2x1 no Castelão, na grande decisão da Copa do Nordeste. Como no jogo de ida, semana passada, no estádio de Pituaçu, em Salvador, o Vozão venceu por 1x0, a decisão foi para os pênaltis.

E nas penalidades, deu Tricolor de Aço, 4x2, sagrando-se tetracampeão da Copa do Nordeste.Rodriguinho, Matheus Galdezani, Lucas Araújo e Conti fizeram para o Bahia. Thonny Anderson chutou e Richard pegou. Mas apenas Lima e Fernando Sobral converteram para o Ceará. Jorginho bateu e Matheus Teixeira defendeu. Marlon botou para fora.

O Bahia conquistou seu quarto título, igualando a marca do rival Vitória. Já o pernambucano Dado Cavalcanti venceu pela primeira vez a competição. O técnico já tinha vencido duas vezes a Copa Verde pelo Paysandu. O Ceará voltou a perder um jogo de Copa do Nordeste após 23 partidas.

Comentários

Últimas notícias