ACABOU O ANO

Eliminado no Pernambucano, Salgueiro se despede de 2021 e só volta a jogar em 2022

Alegando dificuldades financeiras, o Carcará do Sertão quase desistiu da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil no início da temporada

Carolina Fonsêca
Carolina Fonsêca
Publicado em 10/05/2021 às 23:00
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
O Salgueiro desistiu da Série D e não tem mais competições no calendário de 2021. - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Atual campeão pernambucano, o Salgueiro não entra mais em campo na temporada de 2021. Na noite desta segunda-feira (10), o Carcará do Sertão foi eliminado pelo Sport, ao perder por 1x0 o jogo da semifinal do Campeonato Pernambucano, e encerrou suas atividades neste ano.

 

Após a eliminação para o Sport, o zagueiro Ranieri, que já tem oito temporadas pelo Carcará, lamentou a derrota e o encerramento precoce do calendário. "Estamos muito tristes com essa eliminação, queríamos muito ir para essa final. O ano não está sendo bom para o Salgueiro. Começamos com crise financeira, quase que não participávamos das competições nacionais, não vamos participar da Série D no segundo semestre, estamos muito tristes. Mas é levantar a cabeça porque essa equipe do Carcará é muito aguerrida e no ano que vem ela vem muito forte de novo", disse.

Alegando dificuldades financeiras, o Carcará do Sertão quase desistiu da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil no início da temporada, mas de última hora acabou entrando nas competições. Entretanto, já bateu o martelo e informou que não disputará o Campeonato Brasileiro da Série D deste ano, deixando a vaga para o Central.

Com a pandemia do novo coronavírus, a prefeitura da cidade de Salgueiro, principal patrocinadora do time, retirou os recursos do patrocínio em razão da crise sanitária e financeira causada pela pandemia. Dessa forma, o clube, segundo informou o presidente José Guilherme, não tinha condições de se manter.

Em fevereiro, o Carcará protocolou um pedido na Federação Pernambucana de Futebol (FPF), desistindo da Copa do Nordeste e do Brasil. A decisão polêmica trouxe à tona o momento de crise financeira. Apesar disso, no dia seguinte ao que fez o pedido a FPF, o clube voltou atrás e decidiu disputar as duas competições, que estão entre as mais rentáveis do calendário.

Na Copa do Brasil, o Salgueiro recebeu o Corinthians no Cornélio de Barros, pela primeira fase e foi eliminado ao perder por 3x0 para o Timão. Na Copa do Nordeste, o Carcará terminou a primeira fase no sexto lugar do Grupo B, com oito pontos, e se despediu da competição ao não se classificar para as quartas de final.

Terminando o ano no mês de maio, todo um elenco fica à disposição do mercado. O futuro dos jogadores, porém, ainda é incerto. "A maioria vai procurar outro clube para jogar porque não tem mais calendário no Salgueiro. Espero que apareçam clubes para todos jogarem porque são pais de família, são muito trabalhadores e merecem trabalhar", desabafou Ranieri.

Comentários

Últimas notícias