CHAMPIONS

Manchester City x Chelsea: um duelo 100% inglês decide a Liga dos Campeões

O Manchester City do técnico Pep Guardiola entra em campo como favorito diante do Chelsea de Thomas Tuchel na final da Liga dos Campeões, neste sábado (29), no Porto, às 16h pelo horário de Brasília,

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 29/05/2021 às 1:44
Notícia
ANNE-CHRISTINE POUJOULAT / AFP
TÍTULO Manchester City conquistou o sétimo campeonato inglês e quer a sua primeira Champions - FOTO: ANNE-CHRISTINE POUJOULAT / AFP
Leitura:

AFP

O Manchester City do técnico Pep Guardiola entra em campo como favorito diante do Chelsea de Thomas Tuchel na final da Liga dos Campeões, neste sábado (29), no Porto (às 16h00 pelo horário de Brasília), mas de qualquer forma o confronto entre as duas equipes inglesas promete emoções fortes. Esta final deveria ter sido disputada em Istambul, na Turquia, mas a pandemia e as atuais restrições levaram à mudança do local e o palco será o Estádio do Dragão, na segunda maior cidade portuguesa. Lembrando que a partir da próxima temporada, a Champions League passa a ter a transmissão do SBT/TV Jornal na tv aberta brasileira.

Saiba onde assistir ao vivo a final da Champions League

SBT/TV Jornal transmite Champions League nas próximas três temporadas

Nas arquibancadas, sim, poderá haver um gostinho do 'futebol antigo'. Após meses de arquibancadas vazias, 16.500 torcedores, incluindo 10.000 do Reino Unido, poderão assistir ao vivo e in loco a esta grande final.

Os dois finalistas fizeram parte do projeto fracassado de uma Superliga europeia, que gerou uma grande polêmica, mas logo se desligaram e voltaram à disciplina da Uefa. Em Portugal, sob um céu 'Sky Blue' ou 'Blue', o futebol tentará superar qualquer indício de polêmica e virar definitivamente a página daquele incômodo episódio.

Para o Manchester City, este jogo é um encontro com a história já que sonha em se tornar o 23º clube a conquistar o troféu de maior prestígio do futebol europeu. Para Guardiola seria a recompensa após um ciclo de cinco anos, que apesar de dez títulos em torneios nacionais parece inconclusivo se não for coroado com a Liga dos Campeões.

O treinador catalão já levou o Barcelona ao título em 2009 e 2011, mas na última década acumulou decepções na Europa, principalmente desde que assumiu o comando do City, perdendo para times como o Monaco (oitavas de final em 2017), Tottenham (quartas de final em 2019) e Lyon (quartas de final em 2020).

Prováveis escalações:

Manchester City: Ederson; Walker, Rubén Dias, Stones e Zinchenko; Fernandinho, Gundogan e Bernardo Silva; Mahrez, De Bruyne e Foden. Técnico: Pep Guardiola,

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Thiago Silva, Rudiger e James; Kovacic, Kante, Chilwell e Mount; Werner e Havertz. Técnico: Thomas Tuchel.

Comentários

Últimas notícias