ALERTA LIGADO

Veja quem o Náutico precisa secar para não entrar na zona de rebaixamento da Série B nesta rodada

Sequência ruim do Timbu colocou o clube em apuros neste momento

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 13/10/2020 às 14:19
Notícia

Felipe Ribeiro/JC Imagem
MESMO ERRO Náutico dominou as ações no primeiro tempo, mas voltou a pecar nas finalizações - FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

A situação do Náutico na Série B é crítica. Sem vencer há seis jogos e sem marcar um gol há cinco, o Timbu pode entrar na zona de rebaixamento da competição nesta rodada. Se o pior dos cenários acontecer, o Alvirrubro pode virar vice-lanterna do torneio. Com 15 pontos, o Alvirrubro é o 15º. No entanto, três times têm 14 pontos e podem ultrapassar o Náutico caso vençam ou empatem. Além deles, o Cruzeiro, com 12 pontos, também pode deixar o Timbu para trás caso triunfe. Confira quem o Alvirrubro precisa secar para não cair para a zona de rebaixamento nesta rodada.

GUARANI

A primeira secada da rodada começa nesta terça-feira, às 21h30. O primeiro rival que o Náutico seca é o Guarani, que recebe o Cuiabá-MT, líder da competição. Se o clube paulista vencer, vai aos 17 pontos e passa o Alvirrubro. Se empatar, fica com a mesma pontuação do Timbu, mas ultrapassa por conta do número de gols marcados. No momento, o Guarani é o 18º. Porém, mesmo que o Bugre empate ou vença, o Náutico não entra na zona de rebaixamento nesta terça, mas fica em 16º.

BOTAFOGO-SP

Na sexta-feira, a secada é em cima do Botafogo-SP, que até a publicação desta matéria é o 16º - podendo ser ultrapassado pelo Guarani em caso de vitória ou empate do Bugre. Se vencer o América-MG, o Botafogo, que no momento tem 14 pontos, também ultrapassa o Náutico. Em caso de empate, também deixa o Timbu para trás, por conta do número de vitórias. Portanto, no pior dos cenários, o Alvirrubro pode entrar na zona de rebaixamento na próxima sexta-feira, caso o clube paulista, que joga como mandante, vença ou empate com os mineiros - e, claro, o Guarani também faça a mesma coisa diante do Cuiabá.

CRUZEIRO

Na sexta, também é a vez de secar o Cruzeiro, vice-lanterna e que recebe o Juventude. Com 12 pontos ganhos até aqui, o time mineiro passa o Náutico em caso de vitória, pois teria um triunfo a mais do que o Timbu. No entanto, o Náutico só entra na zona de rebaixamento com a vitória da Raposa se ela acontecer combinada com empate/triunfo de Botafogo ou Guarani.

FIGUEIRENSE

No sábado, é a vez de secar o Figueirense, que visita o Brasil de Pelotas. Com 14 pontos, a equipe alvinegra é a 17ª da competição. Se vencer, ultrapassa o Timbu. Caso empate, também fica na frente pelo critério de saldo de gols. Portanto, é mais um clube que o Náutico precisa secar, além dos outros três - sobretudo Guarani e Botafogo. Se essa dupla perder, o Timbu só entra na zona de rebaixamento caso o Figueirense perca ou empate e, além disso, o Cruzeiro vença o Juventude.

RESUMO

Náutico entra na zona de rebaixamento se duas dessas combinações acontecerem;

Caso Guarani e Botafogo sejam derrotados, Náutico só entra na zona de rebaixamento se o Cruzeiro vencer e o Figueirense triunfar ou empatar;

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias