Reforço

Gilson Kleina aprova chegada de atacante ao Náutico e ganho de opções

Esta será a quinta vez que o treinador alvirrubro trabalhará com o atacante Vinícius, jogador no qual ele confia e vê potencial para ajudar o Timbu na Série B

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 17/10/2020 às 10:14
Notícia

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Kleina aprovou chegada de Vinícius, atleta de sua confiança - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Uma das contratações do Náutico para a sequência da Série B, o atacante Vinícius foi regularizado nesta última sexta-feira (16) e já pode atuar diante do Oeste-SP, na próxima terça-feira (20). Conhecido do técnico Gilson Kleina, ele chega com a polivalência de jogar pelos lados ou pelo centro no ataque alvirrubro. Ponto destacado pelo treinador, que destaca a característica dele para agregar às que já encontra no plantel.

 

"Eu sempre estava conversando com a comissão técnica que nós precisávamos de mais um ponta. Até porque tínhamos o Dadá e o Thiago com essa característica. Usamos muito o meia-atacante para fazer essa situação. Com a lesão do Dudu, que jogamos em outra situação na qual entendo que ele pode fazer três situações lá na frente, é assim como o Vinícius. Nessa chegada, vai nos agregar também, porque é um jogador que faz as três lá na frente, podendo jogar centralizado ou pelos lados. É um jogador de recurso, tem o drible em movimento, boa finalização, tem a compreensão do jogo e leitura tática. Ele vai nos trazer vários fatores para ajudar a todos nós", afirmou o treinador.

Inclusive, Kleina já trabalhou com Vinícius em outros quatro clubes. Palmeiras, Chapecoense, Coritiba e Criciúma. Homem de confiança do comandante, o jogador chegou sob desconfiança da torcida, principalmente por ser um atacante com poucos gols na carreira. São apenas 14 em 269 partidas disputadas, de acordo com o site especializado em estatísticas Ogol. Além de Vinícius, o Náutico está próximo de um acerto com o meia Marcos Vinícius e o lateral-esquerdo Igor Miranda, que já treinam no clube e e estão finalizando seus acordos. O Timbu também busca repatriar o volante Jiménez, mas ainda depende de um rápido acerto com o Operário-PR e o staff do paraguaio, já que ele fez seis partidas pelo time paranaense e, caso entre em campo novamente, não poderá se transferir para outro clube.

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias