Sina

Calvário: Náutico perde para Sampaio Corrêa com gol aos 51 do segundo tempo

Situação do Timbu vai ficando cada vez mais complicada na Série B e acabou derrotado por 2x1 fora de casa para a Bolívia Querida

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 17/11/2020 às 20:08
Notícia
LUCAS ALMEIDA/SAMPAIO CORRÊA
Timbu foi melhor no segundo tempo, mas sofreu gol aos 51 minutos do segundo tempo - FOTO: LUCAS ALMEIDA/SAMPAIO CORRÊA
Leitura:

A sina segue para o Náutico. Com gol sofrido aos 51 minutos do segundo tempo, o Timbu foi derrotado por 2x1 para o Sampaio Corrêa no Maranhão. Assim, o Alvirrubro segue na 17ª colocação, com 20 pontos. Quatro a menos que o Vitória, 16º lugar. A Bolívia Querida sobe para a vice-liderança, com 37 pontos. Agora o próximo compromisso do Alvirrubro será no sábado (21), às 19h, contra o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

> Veja o tempo real de Sampaio Corrêa 2x1 Náutico

O jogo

O Náutico chegou para a partida com várias mudanças no time titular. Ao todo, em relação ao time que encarou o Operário-PR na última rodada, foram seis alterações. Com uma equipe totalmente remodelada, a postura em campo também mudou. Sabendo da qualidade que o Sampaio Corrêa vem demonstrando, com forte poderio ofensivo, o Alvirrubro passou a marcar com linhas mais baixas. Preferiu compactar seu sistema defensivo e, ao menos neste ponto, cumpriu bem a proposta. Por outro lado, quando recuperava a posse, o Timbu sofria bastante para criar jogadas. Primeiro pela boa marcação na saída de bola feita pela Bolívia Querida, e segundo pela distância dos meio-campistas para os atacantes.

Tendo uma ampla vantagem de posse de bola, o Tricolor maranhense não conseguiu criar grandes chances na etapa inicial. Cruzou várias vezes para a área, sem ter quem concluísse. Porém, as melhores chances vinham pelos lados, principalmente com Robson Duarte, que ganhou a maioria das disputas contra Wilian Simões. Em uma delas, aos 22 minutos, o ponta cruzou para a área, Luís Gustavo escorou e Caio Dantas bateu por cima da meta.

O Náutico não conseguia trocar muitos passes no campo de ataque e logo concluia as jogadas. Aos 29, em um contra-ataque, Bustamante recebeu pela direita, cortou a marcação e rolou para Dudu, na meia-lua, bater de primeira. A bola raspou a trave esquerda adversária. Aos 35, Kieza recuperou a posse no lado esquerdo da grande área, deu uma caneta em Luís Gustavo e bateu quase sem ângulo. A bola cruzou a pequena área toda na frente do gol, mas não entrou.

Segundo tempo

Com a pretensão de manter a postura e se defender das investidas dos donos da casa, mas melhorar o setor ofensivo, os planos do Náutico foram por água abaixo logo aos três minutos da etapa final. O Timbu perdeu a bola no ataque e Luís Gustavo puxou o contra-ataque. Trabalhando bem a bola, Robson Duarte recebeu na direita e cruzou na cabeça de Roney, que marcou o gol dos donos da casa. Depois de ficar em desvantagem, o Alvirrubro seguiu com as mesmas dificuldades para armar jogadas, enquanto que o Sampaio Corrêa baixou as linhas de marcação para aproveitar os espaços na defesa.

Aos 24 minutos, o Náutico começou a esboçar sua reação no jogo. Bryan cobrou falta para a área e Ronaldo Alves, de cabeça, mandou na trave de Gustavo. O lance acordou o Timbu na partida, que cresceu de produção. Em troca rápida de passes aos 28, Kieza recebeu em profundidade dentro da área e bateu cruzado para fora. Aos 30 minutos, outra boa chegada. Ruy cobrou falta pela esquerda, Camutanga emendou um peixinho na bola e Gustavo fez grande defesa.

Com o crescimento de produção, o gol ficou maduro e logo saiu. Aos 34, Wilian Simões fez a diagonal e tocou para o meio, Kieza deixou a bola passar e Ruy encheu o pé, de primeira, para marcar um golaço. Sem chances para o goleiro. Aos 36, o mesmo Ruy tentou um gol olímpico na cobrança de escanteio e Gustavo estava atento para salvar. Mas diante da fase do Náutico, pela quinta vez na Série B, sofre um gol depois dos 40 minutos do segundo tempo. O Timbu perdeu a bola no ataque, o Sampaio Corrêa armou o contra-ataque e Caio Dantas recebeu livre dentro da área. Aos 51, o centroavante empurrou para as redes e deu a vitória aos maranhenses. Veja como foi a jornada esportiva do Escrete de Ouro no canal da Rádio Jornal no YouTube.

 

 

Ficha do jogo

Sampaio Corrêa

Gustavo; Luís Gustavo (Joazi), Joécio, Daniel Felipe e Marlon; André Luiz (Ferreira), Vinícius Kiss (Léo Costa) e Marcinho; Roney (Gustavo Ramos), Caio Dantas e Robson Duarte (Diego Tavares). Técnico: Léo Condé.

Náutico

Halls; Bryan, Camutanga, Ronaldo Alves e Wilian Simões; Djavan (Jhonnatan), Bustamante e Dudu (Ruy); Dadá Belmonte (Erick), Vinícius (Paiva) e Kieza. Técnico: Gilson Kleina.

Local: Estádio Castelão, em São Luís-MA. Gols: Roney, aos 3’ do 2ºT, e Caio Dantas, aos 51' do 2ºT (SAM); Ruy, aos 34’ do 2ºT (NAU). Cartões amarelos: Joazi e João Victor (SAM); Djavan, Ruy e Kieza (NAU). Cartão vermelho: Joazi (SAM). Árbitro: Jonathan Antero Silva (RO). Assistentes: Márcia Bezerra Lopes e Adenilson de Souza Barros (ambos RO).

BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Náutico perde mais uma vez com gol no fim da partida - FOTO:BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias