Tirou "um peso"

"Sensação maravilhosa, de alívio", diz Kieza sobre vitória do Náutico

Alvirrubro voltou a vencer na competição após oito partidas de jejum e quer ir, passo a passo, reagindo para deixar o Z4

JC
JC
Publicado em 01/12/2020 às 22:04
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Atacante vinha fazendo boas partidas e foi coroado com um gol diante do Guarani - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

A vitória do Náutico em cima do Guarani, por 2x0, tira uma parte do peso que vinha nas costas do time. Apesar de fazer boas partidas com Hélio dos Anjos, os três pontos não chegavam. Agora, com uma exibição convincente, apesar dos defeitos, o Timbu chegou aos 24 pontos e encerrou um jejum de oito jogos sem vencer na Série B, e de quase três meses sem triunfo em casa. Um alívio para o Timbu.

 “Sensação maravilhosa, de alívio. A gente vinha jogando bem, o time merecia. Fomos muito prejudicados no último jogo pela arbitragem. Hoje conseguimos a vitória, ganhamos mais confiança, que a gente estava precisando. Agora é melhorar dentro de casa. Hoje, no meu ponto de vista, tivemos muita chance de fazer mais. Vamos continuar firme e forte, porque a luta vai ser difícil, mas vamos sair dessa”, avaliou o atacante Kieza.

O centroavante foi importante para o Náutico, mais uma vez. Voltou a marcar, e foi um golaço, depois de arrancar da intermediária alvirrubra, se livrar de dois marcadores, driblar o goleiro e empurrar para as redes. Participativo, ele incomodou bastante a defesa adversária e tem chamado a responsabilidade nos últimos jogos. Mantendo o desempenho, seguirá sendo peça fundamental nessa tentativa de recuperação do Timbu. Veja como foi a jornada esportiva da Rádio Jornal para Náutico 2x0 Guarani.

Ainda na 17ª colocação e dependendo  do complemento da rodada, o Náutico fica momentaneamente quatro pontos atrás do Cruzeiro, 16º lugar. O time mineiro joga nesta quarta-feira (2) contra o América-MG, na Arena Independência. O próximo compromisso do Timbu é no domingo (6), às 16h, contra o Figueirense, em Florianópolis-SC.

Comentários

Últimas notícias