Decisão

Para se recuperar após tropeço na Série B, Náutico tem "final" contra Paraná nos Aflitos

Partida é o último confronto direto do Alvirrubro pela permanência na Segundona. Equipe quer retomar evolução e vai para o confronto com desfalques na defesa

Klisman Gama
Klisman Gama
Publicado em 07/01/2021 às 20:49
Notícia

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Náutico quer se recuperar após tropeço na segunda-feira (4), diante do Confiança - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O momento é de levantar após um tropeço, sacudir a poeira e manter a evolução. Até porque a luta para fugir do Z4 continua. Para isso, o Náutico enfrenta o Paraná nesta sexta-feira (8), às 19h15, no estádio dos Aflitos. É o chamado "jogo de seis pontos", pois o Alvirrubro tem 35 pontos e ocupa a 17ª colocação, enquanto o rival ocupa o 18º lugar com 33. Apenas dois de diferença. Neste último confronto direto que o Timbu terá até o fim da Série B na luta contra o Z4, preocupam as várias mudanças que o setor defensivo passará por conta de suspensões. Mas para superar isso, os atletas têm em mente que esta é mais uma “final”.

“A gente sabe da dificuldade do campeonato. Temos que encarar todo jogo como uma final e é o que conversamos entre nós, que todo jogo será assim. Teremos uma contra o Paraná e vamos colocar em prática o que colocamos nos jogos anteriores ao do Confiança. Sabemos da qualidade do grupo, da nossa força jogando em casa, porque é fundamental conseguir o resultado positivo”, contou o lateral-direito Bryan.

Sem Hereda, Kevyn e Rafael Ribeiro suspensos, Bryan, Igor Miranda e Ronaldo Alves devem ser os escolhidos para preencher essas lacunas. Como abre uma vaga a mais no ataque com o recuo de Bryan para a lateral-direita, Dudu ou Erick podem ser acionados. Outra opção é deslocar Vinícius para o lado direito e escalar Álvaro na ponta esquerda. Com menor possibilidade, um outro meia pode entrar. Assim, Jorge Henrique e Ruy são as opções disponíveis.

Mantendo o cálculo de somar dez pontos nos próximos seis jogos para se livrar da degola, o Timbu precisa manter a sua sequência positiva em casa que vem tendo com Hélio dos Anjos. Os últimos quatro duelos nos Aflitos terminaram com vitória do Náutico. Qualquer derrota dentro dos quatro jogos restantes nos seus domínios até o fim da Segundona obrigam o Alvirrubro a buscar fora essa pontuação.

O Náutico seguirá comandado pelo auxiliar técnico Marcelo Rocha, pois Hélio dos Anjos ainda está em isolamento por conta da covid-19. Mesma situação do outro auxiliar, Guilherme dos Anjos, filho do treinador alvirrubro. O atacante Dadá Belmonte também deve seguir afastado pelo mesmo motivo.

Paraná

O Tricolor da Vila vem para o duelo com três desfalques. O lateral-direito Paulo Henrique, o zagueiro Rafael Lima e o volante Karl cumprem suspensão por terem atingido o limite de cartões amarelos. Outra dúvida do técnico Márcio Coelho, que fará sua estreia, é no ataque. Seis atletas brigam por três vagas e podem haver mudanças em relação à última partida, no empate em 1x1 com o Botafogo-SP, em Curitiba.

Ficha do jogo

Náutico

Anderson; Bryan, Ronaldo Alves, Camutanga e Igor Miranda; Rhaldney, Djavan e Jean Carlos; Erick (Álvaro), Vinícius e Kieza. Técnico: Marcelo Rocha.

Paraná

Renan; Toninho, Phillipe Maia, Fabrício e Jean; Kaio, Higor Meritão e Renan Bressan; Gabriel Pires (Andrew), Bruno Lopes (Bruno Gomes) e Andrey. Técnico: Márcio Coelho.

Local: Estádio dos Aflitos. Horário: 19h15. Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO). Assistentes: Fábio Pereira e Fernando Gomes da Silva (ambos TO).

Comentários

Últimas notícias