PERNAMBUCO

Dirigentes do Náutico na bronca: "Com o VAR a gente é prejudicado imagine sem"

O meia Jean Carlos e o vice-presidente do clube Diógenes Braga criticaram bastante o serviço

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 16/05/2021 às 18:24
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Lance no jogo de futebol entre os times do Sport e Náutico válido pela primeira partida da final do Campeonato Pernambucano de Futebol 2021. Partida realizada na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE). - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

No final do empate de 1x1 entre Sport e Náutico, na Arena de Pernambuco, válido pelo primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano, houve bate-boca e sobraram reclamações de jogadores e dirigentes do Timbu em relação ao VAR. A polêmica foi o gol marcado por Kieza aos 29 minutos da segunda etapa que a arbitragem de campo anulou assinalando impedimento em lance duvidoso e posteriormente o árbitro de vídeo confirmou a decisão tomada no gramado.

Bastante exaltado, o meia Jean Carlos resumiu o sentimento do elenco do Náutico. "A gente fez um bom jogo. Não posso aqui esconder o gol que eu perdi, a gente perdeu alguns gols, isso não justifica. Mas eu não entendo, eles colocam o VAR pra ajudar e na hora do gol o negócio para de funcionar, não dá pra entender isso. Acho que está ali pra nos ajudar, fiquei sabendo que foi gol legítimo. Isso nos prejudica! A gente fez um bom jogo, criamos pra poder fazer o gol. E aí fazemos o gol, (o Var) tá ali pra nos ajudar e em vez disso prejudica. Eu não sei o que isso está fazendo aqui!" disparou o meia alvirrubro.

Em entrevista à Rádio Jornal, o vice-presidente do Náutico Diógenes Braga reiterou as críticas à tecnologia que, na visão dele, em vez de ajudar, prejudicou o jogo. "Veja quando você tem um VAR qualquer avaliação é do VAR. Nós tivemos um gol lícito anulado, então era pra gente ter uma vantagem pra lá (Aflitos). Isso prova que a luta do Náutico pra ter o VAR é justa porque com o VAR a gente é prejudicado imagine sem o VAR. É só isso que eu tenho a dizer", finalizou o dirigente.

Comentários

Últimas notícias