DE VOLTA

Liberado pelo DM, Victor Rangel está ansioso para iniciar treinos: 'tem muito trabalho pela frente'

Centroavante, de 29 anos, testou negativo para a covid-19 e começa a trabalhar no Tricolor do Arruda nesta quinta-feira (2)

JC
JC
Publicado em 01/07/2020 às 19:38
Notícia
Filipe Jordão/JC Imagem
Victor Rangel renovou contrato com o Santa Cruz até o término da Série C - FOTO: Filipe Jordão/JC Imagem
Leitura:

Após ter testado negativo para a covid-19, o centroavante Victor Rangel está liberado para iniciar os trabalhos na intertemporada do Santa Cruz. Apesar de o elenco tricolor treinar nesta quinta-feira (2), pela manhã, no CT Ninho das Cobras, em Aldeia, o jogador de 29 anos vai precisar passar por um período de avaliações físicas e trabalhos específicos antes de se integrar ao plantel coral, já que os atletas que se apresentaram no dia 15 de junho estão em melhores condições e já realizando treinos mais intensos, inclusive, a movimentação coletiva.

Mesmo com esse atraso na sua chegada, motivação não falta ao centroavante. Até mesmo no período de indefinição quanto a renovação contratual, ele não tirou o Tricolor do Arruda da mente e sequer cogitou acertar com outro clube só por ser de uma divisão superior. "Isso não passou na minha cabeça. Acertei pela grandeza do Santa Cruz e queria continuar defendendo o clube. Claro que o jogador quer estar jogando no mais alto nível e na melhor divisão possível. Mas, pra mim, a grandeza do clube é o que prevalece. Meu sentimento é de querer ajudar o clube nas conquistas e nos compromissos para juntos colocar o Santa Cruz no devido lugar. Tem muito trabalho pela frente, muita coisa a ser feita e só com esse empenho e trabalho árduo que as coisas acontecem", declarou Victor Rangel, em entrevista a reportagem do Jornal do Commercio e ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal.

Assim que foi confirmada a renovação de Victor Rangel até o final da Série C, os torcedores tricolores comemoraram o desfecho positivo por considerar o centroavante acima da média para a divisão que o Santa Cruz vai disputar. "Fico contente pelos elogios do torcedor, que acha que estou acima da Série C. Mas deixo isso de lado, pra que vocês da imprensa analisem. Procuro me manter na minha quanto a isso. Quero dar o meu melhor, trabalhar bastante para que possamos ter os resultados lá na frente", contou Rangel.

Vantagem

Como o elenco do Santa Cruz já está na terceira semana de treinamento, o meia Didira acredita que os clubes da capital podem levar vantagem em cima das equipes do interior em uma possível retomada do Campeonato Pernambucano. "Acho que Náutico, Santa e Sport saem na frente. Sabemos que os times do interior têm um pouco mais de dificuldade, em todas as partes, não só em uma. Sabemos que quando você volta antes a treinar tem uma vantagem e esperamos voltar aos jogos o mais rápido possível, que é tudo o que a gente quer", contou o meio-campista.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias