REENCONTRO

Campeões em 2015, dupla quer conquistar novo título pelo Santa Cruz em cima do Salgueiro

Zagueiro Danny Morais e volante Bileu fizeram parte da campanha vitoriosa do Tricolor há cinco anos no título Pernambucano

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 02/08/2020 às 8:34
Notícia

JC Imagem
Danny Morais (foto) e Bileu conquistaram o título Pernambucano do Santa Cruz em 2015, contra o Salgueiro - FOTO: JC Imagem
Leitura:

Encarar o Salgueiro em uma final de Campeonato Pernambucano não é novidade para dois jogadores do Santa Cruz. O zagueiro e Danny Morais e o volante Bileu estiveram em campo na conquista do Tricolor em cima do Carcará na decisão de 2015; após um empate em 0x0, no Cornélio de Barros, e vitória coral por 1x0 no Arruda, gol do atacante Anderson Aquino. Agora, os dois remanescentes têm a missão de ajudar novamente o Santa a levantar o troféu Estadual, mas sabem que a tarefa de faturar o 30º título Estadual não será fácil.

"Mais uma final com a camisa do Santa Cruz. Creio que batalhamos bastante para chegar nesse momento tão esperado na temporada. Creio que vão ser dois jogos disputados, difíceis. Conhecemos a equipe do Salgueiro, eles sempre fazem equipes fortes. Relembrei de 2015, jogo muito difícil e conseguimos fazer o resultado no final do jogo, o 1x0, e conseguimos ser campeões. Mas agora é um ano totalmente diferente, temos ciência que o Salgueiro vem forte. Assisti ao jogo deles contra o Afogados. O Salgueiro conseguiu fazer os gols e passar para a final. Vão ser bons jogos, de duas equipes que terminaram em primeiro e segundo colocados", declarou Bileu.

 

 

 

 

Se há cinco anos, Danny Morais era recém chegado ao clube e ainda não tinha a moral junto à torcida, hoje, com os seus 35 anos, o zagueiro tornou-se capitão da equipe após conquistar dois Pernambucanos (2015 e 2016), uma Copa do Nordeste (2016) e um acesso à Série A (2015). E é com essa experiência acumulada que o defensor espera ajudar o Santa a conquistar mais uma taça. "Serão jogos difíceis e bem disputados. Acredito que eles têm muitos méritos pela campanha que fizeram. Sempre fizemos jogos muito duros contra eles, especialmente se tratando de dois jogos de finais. Mesmo sem torcida, não tenho dúvida que serão jogos difíceis. Então, precisamos ter atenção total, exatamente como estamos tendo durante todo campeonato para que possamos fazer dois bons jogos para sair com o título", explicou Danny.

DECISÃO JUSTA

Segundo o cabeça de área coral, a decisão do Campeonato Pernambucano não poderia ser mais justa, com as duas equipes de melhor campanha na competição se enfrentando. "Uma final entre primeiro e segundo colocado é mais que justo. As duas equipes que batalharam bastante para conseguir uma vantagem mínima de disputar as semifinais direto (sem precisar jogar às quartas de final). Acho justo que as duas equipes tenham conseguido passar para fazer a final. Sabemos que os dois jogos contra o Salgueiro serão disputados, eles são sempre muito trabalho e, por isso, temos de nos dedicar ao máximo em campo e estudar a equipe deles. Com a parada do futebol, eles devem ter mudado muita coisa em termos de jogadas, posicionamento e creio que a gente tem de estudar pra não cometer erros, pois, se cometermos, eles são fazer os gols. Como aconteceu no primeiro jogo aqui (no Arruda), que cometemos uma bobeira e eles fizeram o gol. Mas nossa equipe estava determinada naquele dia e conseguimos virar o placar. Agora é trabalhar bastante para os erros não virem e que possamos fazer uma ótima partida", desejou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias