SANTA CRUZ

Executivo do Santa Cruz critica dirigentes que organizam o Pernambucano "influenciaram muito no resultado"

Nei Pandolfo questionou o Estadual e a arbitragem

Pedro Alves
Pedro Alves
Publicado em 06/08/2020 às 2:21
Notícia

BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Nei Pandolfo criticou fortemente a FPF e arbitragem após o apito final. - FOTO: BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Leitura:

Após a partida que garantiu o título histórico do Salgueiro no Campeonato Pernambucano, o executivo de futebol do Santa Cruz, Nei Pandolfo, lamentou a perda do resultado nos pênaltis, mas, assim com o técnico Itamar Schulle, questionou a atuação da arbitragem da partida. 

“Tá todo mundo muito triste com o resultado em si. Não poderia ser diferente. Todos sentiram muito. A expectativa sempre é de uma vitória de uma conquista e um título. Infelizmente não aconteceu, uma série de situações que aconteceram nesse período influenciaram. Todo mundo acompanhou, um gol muito mal anulado, um segundo lance com uma falta por trás em direção ao gol normalmente é uma expulsão”, disse o executivo.

Crítica a FPF

Além do questionamento a arbitragem, Nei Pandolfo não poupou críticas a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) diante da desorganização do Campeonato Pernambucano 2020 após o retorno da competição, depois da pandemia causada pela pandemia do novo coronavírus.

“Além disso a gente vinha de um desgaste muito grande, por um atraso de informação. Quando acabou o jogo do Salgueiro com o Afogados, todas as instalações estavam prontas em Salgueiro e nós só ficamos sabendo perto da sexta que o jogo seria em Salgueiro. É uma série de sequência de fatos que nos atrapalharam na logística, recuperação e jogo, mas já passou. Agora temos que recuperar o elenco, recuperar o grupo. Amanhã nós já viajamos para Belém e iniciar a nossa caminhada na Série C para o nosso retorno para a Série B”, afirmou Nei que completou definindo a competição como decepcionante.

“Muita decepção principalmente com os dirigentes que tomaram conta dessa competição. Infelizmente influenciaram muito no resultado”, encerrou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias