TERCEIRONA

Na estreia do returno, Santa Cruz busca vitória contra o Paysandu para manter liderança da Série C

Sob o comando do técnico Marcelo Martelotte, o Tricolor do Arruda ainda não foi derrotado e espera manter invencibilidade diante do Papão da Curuzu

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 10/10/2020 às 18:27
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Santa Cruz quer estrear no returno da Série C com vitória em cima do Paysandu - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Depois de liderar o Grupo A da Série C no primeiro turno e obter o segundo melhor rendimento dos 20 participantes da competição, somando 18 pontos e com 66,7% de aproveitamento - atrás apenas do Brusque, que lidera o Grupo B com 22 pontos e 81,5% -, o Santa Cruz quer seguir na mesma batida no returno para alcançar a classificação antecipada a segunda fase. Pra isso, o Tricolor encara o Paysandu (soma 11 pontos), neste domingo (11), às 18h, no estádio do Arruda, pela 10ª rodada, querendo manter a sequência invicta na Terceirona - não perde há quatro rodadas, com duas vitórias e dois empates.

Com sete pontos a mais que o Papão, a equipe coral, em caso de vitória, pode ampliar ainda mais a vantagem para o quinto colocado e encaminhar a classificação. Mesmo assim, o volante Bileu mantém a cautela e procura projetar meta a curto prazo. "Penso no jogo a jogo. Trabalhei com um treinador que falava que o jogo mais importante era o próximo. Não podemos pensar quantos jogos precisamos ganhar para conseguir a classificação antecipada. É pensar jogo a jogo, pois cada partida é diferente da outra. Se ganharmos do Paysandu abrimos uma boa vantagem do quinto colocado. Nosso intuito é esse mesmo. Abrir o máximo possível para chegarmos bem na reta final da primeira fase e com confiança para a encarar a próxima", explicou.

Para buscar esse objetivo e somar mais três pontos na tabela, o técnico Marcelo Martelotte deve mandar a campo contra os paraenses a mesma formação que venceu o Ferroviário fora de casa por 3x1, já que ele segue sem contar com o volante Paulinho, que se recuperou de um edema na coxa direita, mas ainda precisa se recondicionar fisicamente para suportar os 90 minutos da partida.

Com isso, Bileu seguirá como titular no meio de campo tricolor. "Segundo jogo consecutivo (como titular). Espero ter mais sequência. Infelizmente Paulinho se machucou e o professor Martelotte optou por mim. Vou procurar ajudar a equipe da melhor maneira possível para conseguirmos o resultado positivo e possamos manter essa sequência boa que estamos tendo no campeonato", garantiu o cabeça de área.

Com a missão de neutralizar os jogadores do Paysandu, Bileu mostrou que conhece bem os adversários que terá pela frente. "Eles mudaram de treinador (saiu Hélio dos Anjos e entrou Matheus Costa). No primeiro jogo, em Belém, eles jogaram com uma linha muito alta. Não acredito que joguem assim aqui. Mas a equipe deles é forte no meio de campo, com dois volantes de qualidade... Toty que ataca bastante pelos lados, além do Nícolas que é um bom jogador. Isso requer maior cuidado na parte defensiva para não deixar eles chegarem ao nosso gol. Precisamos marcar forte", explicou.

PAYSANDU

Pelo lado do Paysandu, o objetivo é de reabilitação após a derrota no clássico diante do Remo, na última rodada. Com 11 pontos conquistados em nove jogos, o Papão da Curuzu quer a vitória para quem sabe entrar no G-4 do grupo A da Série C. Portanto, a meta no confronto contra o Tricolor é vencer e se aproximar do pelotão da frente para ficar mais próxima de uma classificação a segunda fase.

Para o duelo deste domingo (11), o técnico Matheus Santos terá o retorno de alguns jogadores importantes. Retornando após cumprir suspensão automática, o zagueiro Micael e o volante Anderson Uchôa reforçam o Papão diante do Santa Cruz. Além deles, o treinador do Paysandu também deve ter à disposição o goleiro Paulo Ricardo e os volantes Pedro Guimarães (PH) e Wellington Reis, que se recuperaram de lesões e foram liberados pelo departamento médico. Mas a tendência é que esses três não iniciem jogando.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ

Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, Elivelton e Leonan; Bileu, André e Tinga; Didira, Mayco Félix (Lourenço) e Pipico.
Técnico: Marcelo Martelotte.
Esquema: 4-3-3.

PAYSANDU

Gabriel Leite, Tony, Perema, Micael e Bruno Collaço; Uchôa, Alan Calbergue e Juninho; Vinícius Leite, Uilliam Barros e Nicolas.
Técnico: Matheus Costa.
Esquema: 4-3-3.

Local: estádio do Arruda, Recife (PE).
Horário: 18h.
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (PR).
Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Heitor Alex Eurich (PR).

Oberto da Silva Santos
Heitor Alex Eurich

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias