LEVANTAR A CABEÇA

'Não podemos baixar a cabeça', diz meia após derrota do Santa Cruz

Para Chiquinho, elenco tricolor tem de aproveitar a semana de treinos para corrigir falhas apresentadas diante do Manaus

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 21/11/2020 às 21:32
Notícia

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Mesmo jogando no Arruda, Santa Cruz não suportou o Manaus e perdeu por 2x1 - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Apesar da derrota por 2x1 para o Manaus e da perda da invencibilidade de dez jogos (oito vitórias e dois empates), os jogadores do Santa Cruz não se mostraram abalados com o revés. Na saída de campo, o discurso dos atletas corais foi de aprendizado para que as falhas apresentadas na noite deste sábado (21) não se repita na fase final da Série C.

CONFIRA O TEMPO REAL

"A gente veio para esse jogo para buscar a vitória e sair com os três pontos. Não queríamos a derrota. Sabemos que todos os times que jogam contra a gente aqui vem buscando da o melhor para tirar pontos da gente. e aconteceu isso hoje. Mas não podemos baixar a cabeça. Tivemos oportunidades de fazer mais gols, sendo que não finalizamos certo. Temos uma semana para trabalhar novamente e, na segunda-feira (30), buscar uma nova vitória para seguir pontuando na tabela para chegarmos mais fortes ainda na próxima fase", avaliou o meia Chiquinho, em entrevista à emissora de streeming DAZN.

O próximo compromisso da Cobra Coral será contra o Jacuipense, na segunda-feira (30), às 20h, no estádio Pituaçu, em Salvador, pela 17ª rodada da Terceirona. "Hoje faltou tranquilidade, atenção e capricho no último passe para acertar o gol. Mas temos uma semana inteira para trabalhar, acertar isso nos treinos, pois na fase final da competição não podemos errar", frisou o meio-campista tricolor. Veja como foi a jornada esportiva da Rádio Jornal no YouTube.

RETORNOS

Contra a equipe baiana, a expectativa é que Marcelo Martelotte conte com os retornos do meia Didira e do centroavante Victor Rangel. Os dois seguem em isolamento após testarem positivos para a covid-19, mas devem ser liberados para retornarem às atividades no meio da próxima semana, ficando à disposição para a viagem.

Comentários

Últimas notícias