É DECISÃO

Em jogo decisivo, Santa Cruz visita o Vila Nova buscando vitória para encaminhar classificação

Se vencer o Vila Nova, Santa Cruz fica muito perto de confirmar o acesso para a Série B

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 08/01/2021 às 19:15
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Tricolor tem duelo difícil contra o Vila Nova no próximo sábado - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

É decisão. É com este pensamento que o Santa Cruz entra em campo neste sábado diante do Vila Nova, às 17h, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. Com cinco pontos e na terceira posição do grupo, uma vitória simples coloca o Tricolor com 'um pé e meio' na Série B, precisando apenas empatar na última rodada diante do Brusque para confirmar o acesso. E o elenco coral sabe da importância deste duelo. A palavra decisão tomou conta da preparação do Tricolor durante a semana, e o técnico Marcelo Martelotte garantiu que o seu time vai entrar com o espírito decisivo para a partida diante do Vila Nova, lutando até o fim pela vitória.

> Veja a fase final da Série C no canal por streaming Danz

"A gente já está definindo a nossa classificação há algumas rodadas. Desde o momento em que perdemos o jogo para o Vila Nova, no Arruda, os jogos ganharam um caráter mais decisivo, e a gente tem trabalhado em cima disso. Tanto é que a nossa postura e a nossa força e determinação mudaram nos jogos. A gente tem uma característica que cabe mais nesse momento de decisão, e eu não tenho dúvida que isso vai ser o meu espírito novamente", explicou.

Para o duelo deste sábado, o Santa Cruz não terá o volante Bileu, que foi expulso na última rodada. Com relação ao substituto, o prata da casa André deve ser o escolhido, uma vez que o jogador já fez essa função em boa parte da temporada e tem a confiança da comissão. Sobre retornos, quem fica à disposição do time é o lateral-esquerdo Perí e o meia Jeremias, que voltam de lesões na coxa. Com relação ao time titular, o técnico Marcelo Martelotte não confirmou se vai manter o time, destacando que vai avaliar as necessidades da equipe especificamente para este duelo.

"Estamos buscando alternativas. A definição da equipe vai ficar mais perto do jogo, temos boas opções. Vamos estudar um pouco mais para ver qual será as nossas necessidades específicas neste jogo", explicou o comandante. Uma das questões que Martelotte não confirmou sobre a escalação é se vai manter Pipico e Victor Rangel como titulares. O primeiro, aliás, vive uma fase muito ruim, sem marcar há mais de dois meses, mas tem a confiança do treinador. Já o seu companheiro de ataque vive um momento melhor e, na teoria, seria o escolhido para ficar caso o comandante opte por um jogador de velocidade (Jadérson ou Lourenço) no lugar de um dos centroavantes.

“Ainda é cedo para definir isso. Apesar do Rangel fazer essa função de atacante mais centralizado, ele é versátil e joga de segundo atacante. Foi essa função que ele fez nos últimos dois jogos contra o Ituano. Mas a gente tem boas opções e mais próximo a gente vai definir quem começa a partida”, finalizou.

Se vencer o Vila Nova, o Santa Cruz precisa apenas de um empate contra o Brusque na última rodada para confirmar o acesso. Se empatar diante do time goiano, aí tem que vencer os catarinenses no último jogo para avançar sem depender de ninguém. Se perder para o Vila Nova neste sábado, aí a situação fica complicada, mas ainda com chances de classificação na última rodada, sobretudo dependendo de quanto for o embate entre Brusque x Ituano, que acontece na próxima segunda-feira (11).

Com cinco pontos ganhos, o Santa Cruz é o terceiro do grupo. Se vencer o Vila Nova, vai aos 8 pontos e encaminha sua classificação, precisando apenas de um empate diante do Brusque na última rodada para conquistar o acesso à Série B. Já o Vila Nova é o lanterna do grupo, tendo conquistado apenas quatro pontos. Portanto, é um jogo de sobrevivência para o time goiano seguir vivo na luta para conseguir uma vaga na Segunda Divisão.

VILA NOVA

Pelo lado do Vila Nova, o discurso de decisão também está muito presente. Se perder, praticamente dá adeus ao sonho de voltar para a Série B. Portanto, a equipe goiana quer vencer ou vencer. Para a partida diante do Santa Cruz, o Vila não terá o goleiro Fabrício, que testou positivo para a covid-19, o atacante Maurinho, que está suspenso, e o lateral-esquerdo Mário Henrique, que ainda está de isolamento por ter testado positivo para o coronavírus antes do jogo contra o Brusque.

Ficha técnica:

Vila Nova: Marcão; Celsinho, Rafael Donato, Saimon (Willian Formiga) e Adalberto; Dudu, Yuri, Pablo e Alan Mineiro; Henan e Talles. Técnico: Márcio Fernandes.

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Toty, Danny Morais, Willian Alves e Leonan (Peri); André, Paulinho, Didira e Chiquinho; Victor Rangel e Pipico. Técnico: Marcelo Martelotte.

Local: Onésio Brasileiro Alvarenga

Horário:17h

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

Comentários

Últimas notícias