TROPEÇO CORAL

Pouco criativo, Santa Cruz estreia na Copa do Nordeste com derrota para o Vitória-BA

Com gols de Vico e Fernando Neto, o Vitória-BA bateu o Santa Cruz por 2x0 na estreia da Copa do Nordeste

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 27/02/2021 às 17:57
Notícia

MARCELO MALAQUIAS / COPA DO NORDESTE
O Vitória-BA bateu o Santa Cruz pelo placar de 2x0 na estreia da Copa do Nordeste 2021 - FOTO: MARCELO MALAQUIAS / COPA DO NORDESTE
Leitura:

Visando criar um embalo no início da temporada, o Santa Cruz visitou o Vitória-BA no Barradão, em Salvador, e acabou tropeçando no jogo de abertura da Copa do Nordeste 2021. O Leão da Barra bateu a Cobra Coral por 2 x 0, com um belo gol do lateral-direito Van e outro, de pênalti, do meia Fernando Neto.

Ainda com um plano de jogo embrionário, o técnico João Brigatti não conseguiu fazer o Santa Cruz se impôr diante do Vitória. No meio de campo, Paulinho, Didira e Chiquinho pouco estiveram presentes e teve que contar com jogadas individuais de Pipico para dar perigo aos donos da casa.

O Vitória acabou dominando e ditando o ritmo da partida durante os 90 minutos, já que a Cobra Coral teve pouco poder de criação. Com muitos erros de passe e marcação forte no meio de campo do Vitória, o jogo correu muito mais pelo campo de ataque rubro-negro.

O Santa Cruz volta a campo pela Copa do Nordeste 2021 no próximo domingo (7), diante do ABC-RN no estádio do Arruda. A bola irá rolar 16h.

Confira o pós-jogo da Rádio Jornal:

O Jogo

Brigatti montou a equipe semelhante ao jogo de estreia na temporada. Os zagueiros Célio, Danny e William Alves apareciam na defesa deixando os laterais com mais liberdado para subir. O time foi postado com o esquema de 3-6-1, enquanto Rodrigo Chagas, mais tradicional, enfrentou o time tricolor com o esquema de 4-3-3 no Vitória.

Os primeiros 15 minutos foram marcados por erros de passes e marcação forte das duas equipes. Poucas oportunidades foram criadas, já que a bola se movimentou bastante pelo meio do campo. O Vitória tentou jogadas com a bola rifada, mas sem sucesso. O Santa Cruz também não conseguiu ser reativo e pouco agrediu o rubro-negro baiano.

A primeira oportunidade do Vitória surgiu aos 21 minutos. Em um bate rebate na entrada da grande área, a bola sobrou para Fernando Neto, que bateu de voleio, mas passou longe do gol. Van foi mais um a tentar a certar a meta tricolor, mas também bateu muito forte. O Santa Cruz tentou devolver o perigo em uma cobrança de falta aos 26 minutos. Paulinho foi para a cobrança, mas a bola caiu nas mãos do goleiro Yuri.

Os donos da casa passaram a ditar o ritmo do jogo. Com mais posse de bola, o Vitória tentou criar mais oportunidades e não deixou o Santa Cruz revidar. A equipe Coral era sempre travada no meio de campo ou era vítima dos próprios passes errados. Os Tricolores passarem a manter a bola nos pés aos 40 minutos, mas não chegaram a ser perigosos para o Leão da Barra.

Segundo Tempo

O Vitória começou a segunda etapa dominando e chegou com perigo já aos 4 minutos, com Vico. O Santa Cruz, quando retomava a bola, devolvia para o adversário. A Cobra Coral tentou apostar na qualidade individual, com Pipico, que avançou sozinho entre a defesa do Leão e foi parado com falta. Mas nem as bolas paradas chegavam a ser perigosas.

A posse de bola era maior para a equipe do Vitória, que mantia a bola no campo de ataque do Santa Cruz. Os meio-campistas Corais pouco apareciam na criação de jogadas.

Os Tricolores acabarem sendo cobrados pela falta de reação aos 25 minutos. Van tabelou na ponta direita com Fernando Neto e arriscou de fora da área. A bola bateu na trave e caiu no fundo das redes para o Vitória abrir o placar.

Aos 36 minutos, Danny Morais acabou escorregando e derrubando David dentro da grande área. Pênalti para o Vitória. Fernando Neto foi para a cobrança, deslocou o goleiro e ampliou para os donos da casa. 2 x 0. O Santa Cruz tentou trocar passes no campo de ataque, mas seguiu pouco criativo, mesmo com as mudanças de João Brigatti.

Ficha do jogo: Vitória-BA 2 x 0 Santa Cruz

Vitória-BA: Yuri, Van, João Victor, Wallace e Leocovick (Pedrinho); Bispo, Fernando Neto e Soares (Hítalo); Samuel (João Pedro), David (Ruan Levine) e Vico (Aníbal). Técnico: Rodrigo Chagas

Santa Cruz: Jordan; Willian Alves, Danny Morais e Célio Santos (Caetano); Augusto Potiguar, Paulinho, Ítalo Henrique (Léo Gaúcho) e Vinícius Balotelli (João Cardoso); Didira e Chiquinho (Eduardo); Pipico. Técnico: João Brigatti.

Local: Estádio Barradão, Salvador (Bahia)

Horário: 16h

Árbitro: José Ricardo Vasconcellos Laranjeira (AL)

Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo e Fernanda Félix da Silva (ambos de AL)

Gol: Van, aos 25 do 2º tempo, e Fernando Neto (P), aos 37 do 2º tempo (Vitória).

Cartões amarelos: Wallace, Gabriel Bispo, João Pedro (Vitória); Caetano, Danny Morais (Santa Cruz).

MARCELO MALAQUIAS / LIVE FC
Vitória-BA bateu o Santa Cruz por 2 x 0 na estreia da Copa do Nordeste - FOTO:MARCELO MALAQUIAS / LIVE FC

Comentários

Últimas notícias