PARA COMEMORAR

Filho caçula do atacante Pipico, do Santa Cruz, tem alta do hospital e já está em casa com a família

Por meio da rede social, a esposa de Pipico e mãe de Gabriel, Isabela Sepulveda, publicou vídeos do caçula em casa com a família

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 22/04/2021 às 12:25
Notícia
BRENDA ALCÂNTARA/ JC IMAGEM
Criança já está em casa. - FOTO: BRENDA ALCÂNTARA/ JC IMAGEM
Leitura:

Uma grande notícia. Na manhã desta quinta-feira, o filho mais novo do atacante Pipico, do Santa Cruz, recebeu alta do hospital e já está em casa com a sua família. Quem comunicou foi a esposa do jogador, Isabela Sepulveda, por meio de sua conta pessoal no Instagram. Gabriel estava internado com um caso de bronquiolite e, mais do que isso, também sendo supervisionado após ter testado positivo para a covid-19. No entanto, deu tudo certo e o pequeno já está em casa, recebendo todo o carinho da sua família: pais e irmãos. A alta do caçula foi muito comemorada pela mãe, que publicou vídeos dele junto com as outras crianças e também com Pipico.

Na última segunda-feira, Isabela divulgou o drama que a família estava passando. Por meio da sua rede social, ela explicou a situação de Gabriel. Além disso, também disse que Pipico só veio saber do problema depois do jogo contra o Cianorte, terça-feira passada (13), e já na madrugada. Enquanto o jogador retornava ao Recife, a esposa levou o bebê para o hospital, pois ele apresentava dificuldade para respirar e vias congestionadas. Ao ser atendido, os médicos resolveram internar o pequeno, pois a evolução da bronquiolite tinha acontecido rapidamente, o que fez o bebê parar na UTI.

No internamento, aliás, Gabriel também foi diagnosticado com covid-19, com a família recebendo o resultado no último domingo (18). Na terça-feira (20), no entanto, as coisas começaram a melhorar. Por meio da rede social, Pipico agradeceu as mensagens de carinho e informou que o pequeno havia deixado a UTI. E a grande notícia veio nesta quinta-feira, com o bebê tendo alta hospitalar e indo para a casa receber o afeto da sua família. Gabriel nasceu em novembro de 2020, prematuro, e já nos seus primeiros dias de vida conheceu a UTI, onde ficou para ganhar peso.

Comentários

Últimas notícias