VAGAS EM COMPETIÇÕES

Bolívar fala sobre responsabilidade de classificar Santa Cruz para Copa do Brasil e Nordestão de 2022

Santa Cruz busca vagas na Copa do Brasil e Copa do Nordeste para ter calendário maior em 2022

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 03/05/2021 às 12:55
Notícia
RAFAEL MELO/ SANTA CRUZ
Bolívar chegou ao Recife na última quinta-feira (29) e já tem missão grande no Santa Cruz. - FOTO: RAFAEL MELO/ SANTA CRUZ
Leitura:

O Campeonato Pernambucano 2021 vale muito para o Santa Cruz. Isso porque o desempenho do clube nesta competição vai praticamente definir o calendário do Tricolor em 2022. No momento, a Cobra Coral não tem vaga na Copa do Brasil e nem na Copa do Nordeste. Por conta disso, apesar do pouco tempo de casa, o técnico Bolívar já tem uma responsabilidade: classificar o Tricolor para essas competições. A missão, claro, não é fácil, porém só depende da Cobra Coral.

Para conseguir uma vaga na Copa do Brasil de 2022, o Santa Cruz precisa pelo menos ser finalista do Estadual. Ou seja, eliminar o Afogados nas quartas de final e o Náutico na semi. Se fizer isso já está classificado para a competição nacional do ano que vem. No entanto, para buscar uma vaga na Copa do Nordeste a missão é maior. Além de ter que chegar na decisão do Pernambucano, o Santa Cruz precisa ser o campeão estadual. Este é o único jeito de jogar a competição regional ano que vem. Em resumo: o Tricolor só joga Copa do Brasil em 2022 se for finalista do Pernambucano e só vai para o Nordestão se for campeão pernambucano.

"Acho importante, que a responsabilidade quando você assume um clube da grandeza do Santa Cruz, ela vem desde o início. Sabemos da paixão do torcedor do Santa Cruz, de que os jogadores querem dar alegrias a esse torcedor, então a responsabilidade é de todos. Estou muito ciente de onde estou trabalhando, numa equipe de tradição, e espero dar alegria ao torcedor junto aos atletas, que conseguiram a classificação. E agora é decidir dentro de nosso estádio para fazermos um grande jogo", afirmou Bolívar.

Não jogar Copa do Nordeste e Copa do Brasil tem um impacto grande no calendário de qualquer clube. Apesar de ter calendário mais livre, o time perde receitas importantes e indispensáveis para a temporada, além de deixar de ter testes mais competitivos no primeiro semestre. Em 2020, o Náutico viveu esta experiência ruim de ficar fora do Nordestão e Copa do Brasil.

Comentários

Últimas notícias