SÉRIE A

Contundidos, Heitor e Musto desfalcam o Internacional contra o Sport

O Internacional também não poderá contar com D'Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 13/10/2020 às 12:52
Notícia

RICARDO DUARTE / DIVULGAÇÃO / INTERNACIONAL
O lateral-direito Heitor será poupado por causa de um desconforto muscular - FOTO: RICARDO DUARTE / DIVULGAÇÃO / INTERNACIONAL
Leitura:

O Internacional terá dois desfalques em seu setor defensivo para o duelo com o Sport, nesta quarta-feira (14), na Ilha do Retiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral-direito Heitor e o volante Musto estão lesionados e não serão relacionados por Eduardo Coudet para o confronto.

Após dar duas assistências no triunfo sobre o Athletico Paranaense, no último domingo, Heitor foi substituído no intervalo do jogo por causa de um desconforto muscular. O problema não é grave, mas o fará ficar fora da equipe por uma semana. Nesse período, será substituído por Rodinei, como já havia ocorrido durante o confronto anterior.

Já o problema de Musto é mais grave. O argentino tem uma lesão no quadril e seu retorno ao time dependerá da evolução da sua recuperação, com o Inter evitando estimar um prazo para o seu retorno. No fim de semana, ele havia entrado durante o segundo tempo do duelo com o Athletico-PR.

O Inter também não poderá contar com D'Alessandro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Mas terá o retorno de Edenílson, que cumpriu gancho no compromisso anterior. Com isso, o time deve entrar em campo no Recife com: Marcelo Lomba; Rodinei, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Moisés; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Praxedes e Patrick; Thiago Galhardo e Abel Hernández.

Por causa de lesões, o Inter segue sem poder utilizar Boschilia, Johnny, Nonato e Peglow. E só terá os retornos de Guerrero e Saravia em 2021. Com 28 pontos, o time ocupa o segundo lugar no Brasileirão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias