Brasileirão

Com pênalti anulado pelo VAR no final, Sport sofre derrota em casa para o Palmeiras pela Série A

O lance polêmico aconteceu nos últimos minutos depois que a bola bateu no braço de Rony dentro da grande área

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 09/01/2021 às 21:11
Notícia

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Sport pouco conseguiu agredir o Palmeiras, que foi melhor em quase toda partida - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Com a "tradicional" limitação ofensiva, o Sport perdeu por 1x0 para o Palmeiras, neste sábado, na Ilha do Retiro, em partida válida pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo foi marcado pelo atacante Willian. Nos últimos minutos, o árbitro Dyorgines José Padovani de Andrade marcou um pênalti a favor dos rubro-negros, mas anulou a infração depois de revisar o lance no VAR.

Com o resultado, o Leão estaciona na 14ª posição com 32 pontos e aguarda o complemento da rodada neste domingo para saber se vai ficar mais perto ou não da zona de rebaixamento. O próximo jogo acontece apenas no sábado, às 19h, diante do Fluminense, no Rio de Janeiro.

>> Confira as escalações de Sport x Palmeiras e a transmissão da Rádio Jornal

O JOGO

A partida começou muito presa no meio-campo, com muita marcação e pouca criação dos dois lados. Precisando aumentar a distância em relação a zona de rebaixamento, o Sport tentou se impor nos primeiros minutos, porém, esbarrou no poderoso Palmeiras. Mesmo com quase todo o time formado por reservas, os paulistas mostraram qualidade e vontade de vencer a partida para tentar colar nos primeiros colocados.

Depois da fase de "estudo", as chances começaram a surgir no confronto. Primeiro para o Sport. Dalberto recebeu cruzamento na grande e testou com força de cabeça para obrigar Weverton a fazer grande defesa. A resposta do Palmeiras aconteceu logo em seguida. Zé Rafael pegou a sobra, próximo da meia lua da grande área, e soltou o pé para grande interferência de Luan Polli.

E o Leão ainda teve a segunda chance. Betinho lançou Patric pelo lado direito, ele saiu na cara do goleiro adversário, mas tentou cruzar rasteiro com o pé esquerdo e bateu fraco na bola. Contra um time qualificado feito o paulista, as oportunidades perdidas custaram caro.

Aos 26 minutos, Veron foi lançado na ponta direita. Ele ganhou de Marquinhos, foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Willian. O centroavante palmeirense se antecipou rapidamente e bateu forte para estufar a rede. Com a desvantagem, a falta de presença do Sport ficou ainda mais nítida. Por muitas vezes, Dalberto saiu do centro de ataque para buscar a bola nos lados e poucas foram as opções encontradas.

No fim da etapa inicial, em um embate aberto, os times ainda criaram mais uma chance para cada. Thiago Neves acertou um belo chute da entrada da grande área e colocou Weverton para trabalhar. Na resposta, em um contra-ataque, três contra dois, Zé Rafael desperdiçou grande oportunidade ao optar pelo chute e não pelo passe para o lado visando os companheiros, que estavam passando sem marcação.

Depois do intervalo, a partida reiniciou em um ritmo mais baixo comparando com o primeiro tempo. Para tentar empatar o placar e virar o duelo, o técnico rubro-negro Jair Ventura acionou o meia Jonatan Gomez na vaga do lateral-direito Raul com o intuito de acabar a "dobradinha" pelo lado do campo.

Assim, o Sport segurou mais a bola em busca de espaços na defesa do Palmeiras. Mas, a equipe paulista se fechou bem e espero os vacilos dos mandantes para encaixar um contra-ataque e matar a partida. Só que o Leão cercou, cercou e não levou perigo ao adversário.

Enquanto isso, os visitantes quase tiveram êxito em um contra-ataque. Esteves arrancou pelo lado esquerdo, recebeu o passe de Breno Lopes e devolveu para o companheiro. Ele chutou rasteiro e a bola carimbou a trave. Jair Ventura fez mais substituições, colocou o centroavante Hernane Brocador, mas não teve jeito. Esbarrou nas limitações ofensivos e falta de opções. Já o Palmeiras não aproveitou as chances e voltou para casa apenas com uma vitória magra.

Pouco antes do apito final, o árbitro Dyorgines José Padovani de Andrade marcou um pênalti a favor do Sport após a bola bater na mão de Rony dentro da grande área. No entanto, após revisar junto com o VAR, ele anulou a infração.

FICHA DO JOGO - SPORT 0X1 PALMEIRAS

Sport - Luan Polli; Raul Prata (Jonatan Gomez), Rafael Thyere, Adryelson e Júnior Tavares (Sander); Marcão (Ewerthon), Betinho (Ricardinho) e Thiago Neves; Patric, Marquinhos (Hernane Brocador) e Dalberto. Técnico: Jair Ventura.

Palmeiras - Weverton; Emerson Santos, Luan, Kuscevic e Esteves (Danilo); Zé Rafael (Patrick de Paula), Raphael Veiga (Empereur) e Lucas Lima (Rony); Gabriel Veron (Gabriel Menino), Breno Lopes e Willian. Técnico: Abel Ferreira.

Local: Ilha do Retiro, Recife-PE.
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES).
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antônio Zanotti (ambos do ES).
Cartões amarelos: Rafael Thyere, Ricardinho, Marcão e Thiago Neves (Sport). Kuscevic, Lucas Limas e Gabriel Menino (Palmeiras).
Gol: Willian aos 26 minutos do 1º tempo.

Comentários

Últimas notícias