Pandemia

Lisca critica realização das competições nacionais em nova onda da covid-19

CBF divulgou nesta quarta-feira a tabela da Copa do Brasil envolvendo clubes de todas as regiões

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 03/03/2021 às 22:59
Notícia

TWITTER/AMÉRICA-MG
Lisca chamou atenção da CBF - FOTO: TWITTER/AMÉRICA-MG
Leitura:

Técnico do América-MG, Lisca se mostrou contra a realização das competições nacionais por causa da nova onda da pandemia da covid-19 no país. Ele usou como exemplo a disputa da Copa do Brasil, que a primeira fase será disputada entre os dias 9 e 18 de março, e envolvendo clubes do Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sul e Sudeste. O desabafo do treinador foi realizado em entrevista ao canal Premiere, antes do jogo desta quarta-feira pelo Campeonato Mineiro.

LEIA MAIS

Sport acerta renovação com lateral-esquerdo Júnior Tavares

Feliz na casa nova, Rafinha é cauteloso quanto ao momento de estreia pelo Náutico

Brigatti explica manutenção de esquema com três zagueiros no Santa Cruz

"É quase inacreditável que a tabela da Copa do Brasil saiu hoje (quarta-feira) com jogos dias 10,17, com 80 clubes, que teremos jogadores e delegações de 30 pessoas viajando de Norte a Sul do Brasil. Não tem condições. O nosso país parou. Estou perdendo amigos treinadores. Não é hora mais. É hora de preservar a vida", afirmou.

"Tudo bem, aqui no Mineiro, que é mais perto. Mas vai pegar uma delegação do Sul e levar para Manaus de que maneira? Presidente (Rogério) Caboclo (presidente da CBF), Juninho Paulista (coordenador técnico), Tite, Cléber Xavier (auxiliar técnico), autoridades. Estamos apavorados. Pelo amor de Deus", completou Lisca.

Para o Sport e Santa Cruz, a tabela da Copa do Brasil marca viagens com destinos aos Estados da Bahia e do Amapá. Isso porque o Leão visita a Juazeirense e a Cobra Coral enfrenta o Ypiranga. Os outros dois clubes representantes de Pernambuco, Salgueiro e Retrô, jogam dentro de casa. O Carcará recebe o Corinthians, no Sertão, e o Retrô encara o Brusque, provavelmente, na Arena de Pernambuco.

CASOS DA COVID-19

No último boletim da Secretaria de Saúde de Pernambuco, 1.613 novos casos de covid-19 foram confirmados, além de 38 óbitos. O Brasil já soma quase 11 milhões de pessoas diagnosticadas com a doença e pouco mais de 250 mil mortes oriundas do novo coronavírus.

Comentários

Últimas notícias