MIRANDO COISAS MAIORES

Maidana deseja Sport brigando por coisas maiores na Série A: 'A gente não quer sofrer de novo'

De acordo com o defensor, o elenco leonino não quer sofrer da mesma forma que 2020, onde o Leão só veio garantir a permanência na elite do futebol brasileiro na 37ª rodada da competição

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 09/06/2021 às 8:36
Notícia
ANDERSON STEVENS/ SPORT CLUB DO RECIFE
Maidana é titular absoluto do Sport. - FOTO: ANDERSON STEVENS/ SPORT CLUB DO RECIFE
Leitura:

Que a principal meta do Sport na Série A é permanecer não é novidade para ninguém. Mas o zagueiro Iago Maidana deseja que a manutenção aconteça de forma mais tranquila e, com isso, o Rubro-Negro brigue por coisas maiores na Primeira Divisão. De acordo com o defensor, o elenco leonino não quer sofrer da mesma forma que 2020, onde o Leão só veio garantir a permanência na elite do futebol brasileiro na 37ª rodada da competição. Por conta disso, o zagueiro prega que a mentalidade precisa ser mirando a parte de cima da tabela.

"Acho que vai ser um ano de confirmação, tanto para muitos jogadores quanto para o Sport, que está num segundo ano de Série A - depois que subiu em 2019. A gente precisa colocar em mente que é um clube que vai brigar por coisas maiores, vai ter que brigar na parte de cima. A gente sabe como sofreu ano passado, então a gente não quer sofrer de novo esse ano. Vai ser um divisor de águas para que a gente consiga engrenar e mostrar a grandeza do Sport no Campeonato Brasileiro", explicou.

Nas duas primeiras rodadas da Série A, o Sport empatou com o Internacional e perdeu do Atlético Mineiro, rivais que devem brigar na parte de cima da tabela - sobretudo o Galo, um dos postulantes ao título do Brasileirão. Para Maidana, apesar do Rubro-Negro não vencido esses confrontos, o time mostrou qualidade. Agora, contra o Fortaleza, que lidera a competição até aqui, o zagueiro fala sobre a importância de trabalhar bem para pontuar ante o Tricolor do Pici, que ainda não perdeu sob o comando do técnico Vojvoda.

"Num campeonato tão nivelado como é o Brasileiro, a gente não pode escolher adversário. Enfrentamos duas equipes que ano passado brigaram pelo título, mas esse ano é diferente. A gente precisa se igualar a esses clubes por estar jogando uma Série A. Foram dois jogos que a nossa equipe demonstrou qualidade e agora tem o Fortaleza, num jogo que vai ser um desafio muito grande. O Fortaleza vem de um grande resultado na última rodada. É a gente trabalhar bem durante a semana, para que a gente consiga somar pontos e poder voltar para casa e continuar somando, porque o Campeonato Brasileiro é isso", finalizou o defensor leonino.

Se por um lado o Sport empatou com o Internacional e perdeu para o Atlético Mineiro, o Fortaleza venceu as duas equipes e lidera a competição até aqui. A vitória ante o Colorado, aliás, foi com direito a goleada: 5x1 para o Tricolor do Pici. A partida entre Sport e Fortaleza está marcada para 20h30 do próximo domingo (13) e você acompanha as emoções nas ondas da Rádio Jornal.

Comentários

Últimas notícias