GPTW

Cuidado com as pessoas dentro e fora da empresa mantém Grupo Moura no ranking do GPTW por mais um ano

Empresa, fundada em Pernambuco há 64 anos, vem investindo cada vez mais na capacitação e bem-estar dos colaboradores

JC360
JC360
Publicado em 11/11/2021 às 11:16
Patrocinada
DIVULGAÇÃO
Fundada em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, há 64 anos, a empresa líder de mercado da América do Sul - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Investir no crescimento dos colaboradores tem transformado empresas. O desenvolvimento de pessoal, aliado às boas práticas de Gestão de Pessoas, mantém os bons profissionais na organização, aumenta a produtividade e cria um ambiente de trabalho bom para todos. Ao longo de mais de 60 anos de história, o Grupo Moura vem investindo nisso e solidificando cada vez mais a cultura da empresa. Por mais um ano, a organização aparece no ranking das Melhores Empresas para Trabalhar em Pernambuco, da consultoria global Great Place To Work.

“Estar no Great Place to Work é consequência de um trabalho que vem sendo desenvolvido de forma intensa ao longo de praticamente uma década. O cuidado com as pessoas está declarado em nossa cultura empresarial e faz parte dos nossos pilares fundamentais”, pontua Moacy Freitas, diretor de pessoas e organização do Grupo Moura. De acordo com ele, a pesquisa realizada pelo GPTW é uma oportunidade de escutar todos que fazem a organização, já que são os próprios colaboradores que respondem o levantamento. “Mais do que um reconhecimento inconteste, estar entre os melhores do GPTW é um direcionador de que estamos trilhando o caminho certo com um trabalho de melhoria contínua, em equipe, com dedicação e comprometimento”, continua o diretor.

O Grupo Moura tem DNA pernambucano. Fundada em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, há 64 anos do sonho dos visionários Edson Mororó Moura e sua esposa, Conceição Moura, a empresa líder de mercado da América do Sul, foi a primeira fábrica da região a desenvolver baterias para carros movidos a álcool e a incorporar tecnologia aos processos de produção. Atualmente, o Moura produz baterias para automóveis, ônibus, caminhões, motos e também para necessidades estacionárias, tracionárias e náuticas. Além de atuar no crescimento e solidificação do mercado de elétricos do País, através da sua Divisão de Lítio e de apostar no desenvolvimento de novas tecnologias nacionalmente, como os sistemas de armazenamento de energia, o Bess (Battery Energy Storage System).

O processo para ser reconhecida como uma empresa GPTW foi natural e é fruto de um trabalho contínuo. Ao longo da sua história, o Grupo Moura procurou adotar boas práticas organizacionais e investir em cada colaborador passou a ser uma das questões mais importantes para a empresa no dia a dia. “Quem trabalha na Moura possui uma identificação imediata com a nossa empresa. Carinhosamente, nossos colaboradores são chamados de “mourianos” porque se identificam com os nossos valores e são embaixadores de nosso jeito de ser. Temos a preocupação e o cuidado com o colaborador como um todo e mantemos esse cuidado para além do ambiente de trabalho. Além de várias oportunidades de desenvolvimento profissional e de carreira, oferecemos benefícios que auxiliam nossas pessoas na busca pelo equilíbrio entre a vida pessoal e profissional”, explica o diretor de pessoas e organização. 

DIVULGAÇÃO/Duda Carvalho
De acordo com o diretor de pessoas e organização do Grupo Moura, Moacy Freitas, estar no Great Place to Work é consequência de um trabalho que vem sendo desenvolvido de forma intensa ao longo de quase uma década - DIVULGAÇÃO/Duda Carvalho

A identificação também está além dos limites de Pernambuco. Com mais de 80 distribuidores espalhados pelo País, a empresa mantém a cultura de forma forte e consistente para todos os colaboradores. “Temos como compromisso fazer com o que todas as pessoas que compõe a Moura se sintam da mesma forma em qualquer lugar que estejam. Através da Rede Moura fazemos com que nossa cultura chegue em todos os lugares”, afirma Kelly Santos, Diretora de Pessoas e Gestão da Rede Moura.

Entre os diversos benefícios pontuados por Moacy Freitas, estão o programa “Quem cuida da mente, cuida da vida”; a telemedicina; a ginástica laboral; o “Batemoura”, que funciona como um clube para família do colaborador, com aulas de natação e balé, por exemplo; e as parcerias com entidades de ensino, como Senai e Sesi, para oferecer ainda mais aprendizado para os funcionários.

“Nossa preocupação é sempre no desenvolvimento global de nossos colaboradores, abrangendo desde o lado profissional ao pessoal, para que ele sinta que a Moura é uma segunda casa e queira fazer parte dessa família”, complementa Kelly.

Com a pandemia, a empresa se desdobrou para se dedicar ainda mais a cada colaborador, com iniciativas de fortalecimento da relação entre os times. “Antecipamos nossa campanha de vacinação contra a gripe H1N1, intensificamos a limpeza em nossos ambientes, mudança nos refeitórios, com ampliação de horário, álcool em gel, uso obrigatório de luvas, entre outras ações. No âmbito econômico, garantimos a entrega de cestas básicas mais robustas para todos com o objetivo de ajudar nas despesas com alimentos e reduzimos os percentuais de participação dos colaboradores no custo dos planos de saúde por três meses”, informa Moacy Freitas, afirmando que também realizaram programas de acompanhamento da saúde, e mantiveram os programas já existentes de auxílio para o momento de transição de aposentadoria e Participação nos Lucros e Resultados (PPR). 

DIVULGAÇÃO
Kelly Santos, diretora de Pessoas e Gestão da Rede Moura, reforça o acompanhamento diário que a Rede tem para manter o padrão do grupo em todos os lugares - DIVULGAÇÃO

Ações que também chegaram aos distribuidores. “Como serviço essencial, não podemos parar para garantir o funcionamento de hospitais, antenas de telefonia e até como suporte para ambulâncias e carros que precisavam estar na rua. Então, nossa preocupação principal foi em garantir que nossas pessoas tivessem segurança para desempenhar seu papel”, afirma Santos.

“Contamos com um ambiente de trabalho acolhedor que estimula e encoraja o respeito mútuo, a simplicidade e a humildade. Aqui temos um ambiente informal que amplia a comunicação entre as pessoas promovendo a participação de todos”, finaliza Freitas.

Comentários

Últimas notícias