Exames regulares para ajudar na prevenção, equipe multidisciplinar e inovação tecnológica integram abordagem de tratamentos

Oncologia: antecipação é chave

Publicado em 16/09/2020 às 5:00
Leitura:

O diagnóstico precoce é primordial para que um tratamento traga resultados. Quando esse diagnóstico é de câncer, a agilidade é imprescindível para que os profissionais possam traçar a melhor conduta de tratamento e, assim, aumentar as chances de cura. A melhor prevenção é por meio dos exames de rotina.

"A prevenção é fundamental e é realizada pelas diversas clínicas especializadas que acompanham esses pacientes. Quando o diagnóstico é indicativo para câncer, iniciamos o atendimento com uma equipe multidisciplinar, para iniciar o protocolo o mais rápido possível. Esse tratamento tem prioridade, em relação à agilidade, pois sabemos a importância do tempo como um fator a favor do paciente", detalha a Chefe da Oncologia Clínica, Caroline Patu.

O Real Hospital Português conta com oncologistas, radioterapeutas, cirurgiões, patologistas, nutricionistas, psicólogos e farmacêuticos, dentre outros profissionais, que, de forma complementar, proporcionam um melhor acompanhamento para cada paciente.

"Somos um centro de excelência em oncologia com um dos mais modernos parques tecnológicos em radioterapia, imagem, medicina nuclear, centro cirúrgico, robótica e laboratório. Sabemos que o tratamento do câncer é multidisciplinar, envolvendo várias terapias e com a integração de equipes clínicas e cirúrgicas. Dessa forma, contar com uma estrutura pronta para o que for preciso é fundamental", pontua.

Sempre buscando proporcionar a melhor acolhida, o RHP oferece o serviço de Concierge, que auxilia o paciente durante o tratamento. "O Concierge acolhe o paciente e seus familiares, de modo a agilizar autorizações e agendamentos. Sua atuação proporciona agilidade, comodidade e segurança", diz Caroline Patu.

BOA VIAGEM

Os pacientes da Zona Sul passaram a contar, este ano, com atendimento clínico para o diagnóstico do câncer, na unidade Boa Viagem do Real Hospital Português. É oferecida a mesma excelência no atendimento, realizado em parceria com as diversas clínicas especializadas, com a comodidade de estar numa região mais próxima de casa.

CRIANÇAS

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tratamento em crianças e adolescentes apresentou grandes progressos ao longo das últimas quatro décadas. Hoje, pode-se dizer que 80% dos pacientes nessas faixas etárias são curados, quando diagnosticados de forma precoce. O RHP acompanha essas mudanças e investiu em equipes e tratamentos especializados para oncopediatria. Desde 2016, há um espaço exclusivo para atender esses pacientes.

"Quando tratamos uma criança com suspeita de câncer, são solicitados todos os exames para esclarecimento do diagnóstico e, se confirmado, se estabelece um plano terapêutico, adotando protocolos internacionais", explica o oncopediatra Francisco Pedrosa.

Esse atendimento é realizado por profissionais que irão atuar em conjunto para que o paciente comece a ser assistido de imediato. Ter uma clínica especializada para esses pacientes cobriu uma necessidade que era perceptível na área.

"A atuação do Real Hospital Português na oncopediatria ajuda a suprir a falta de profissionais especializados. Ao longo dos anos, o RHP vem se atualizando com o que existe de mais moderno, investindo na capacitação dos profissionais e em equipamentos. Se o serviço necessita de um aparelho para melhor tratar o paciente, faz-se a solicitação e o Hospital o adquire. E nós, profissionais, temos condições de exercer com qualidade a medicina", detalha.

 

Comentários

Últimas notícias