CIBERCRIME

Hackers estão usando aplicativos sobre coronavírus para roubar dados

Criminosos encontraram uma maneira de usar esses painéis para injetar malware nos computadores

Manuela Figuerêdo
Cadastrado por
Manuela Figuerêdo
Publicado em 12/03/2020 às 11:43 | Atualizado em 12/03/2020 às 11:43
Damien Meyer / AFP
Quem descobriu o crime foi Shai Alfasi, pesquisador de segurança da Reason Labs - FOTO: Damien Meyer / AFP
Leitura:

Do MundoBit

Recentemente considerada uma pandemia, o coronavírus tem preocupado o mundo todo, fazendo com que muitos sites criem painéis para acompanhar o Covid-19. Não ia demorar muito para os hackers usarem isso a favor deles. Agora, encontraram uma maneira de usar esses painéis para injetar malware nos computadores.

Shai Alfasi, pesquisador de segurança da  Reason Labs, descobriu que os hackers estão usando esses mapas para roubar informações dos usuários, incluindo nomes de usuário, senhas, números de cartão de crédito e outras informações armazenadas no seu navegador.

Coronavírus: saiba como limpar corretamente seu celular e evitar a propagação do vírus

Como funciona

Os invasores projetam sites relacionados ao coronavírus para solicitar o download de um aplicativo para mantê-lo atualizado sobre a situação. Este aplicativo não precisa de instalação e mostra um mapa de como o Covid-19 está se espalhando. No entanto, é uma frente para os atacantes gerar um arquivo binário malicioso e instalá-lo no seu computador.

Os sites representam mapas genuínos para rastrear o coronavírus, mas possuem um URL ou detalhes diferentes da fonte original. Atualmente, o malware afeta apenas máquinas Windows. Mas Alfasi espera que os invasores trabalhem em uma nova versão que também pode afetar outros sistemas.

Alfasi observou que esse método usava um software malicioso conhecido como AZORult , que foi encontrado pela primeira vez em 2016. O software é feito para roubar dados do seu computador e infectá-los com outros malwares também. “É usado para roubar histórico de navegação, cookies, ID / senhas, criptomoeda e muito mais. Ele também pode baixar malware adicional em máquinas infectadas. O AZORult é comumente vendido em fóruns subterrâneos russos com o objetivo de coletar dados confidenciais de um computador infectado.”, explica o pesquisador.

No início deste mês, uma pesquisa da empresa de segurança Check Point observou que os domínios relacionados ao coronavírus têm 50% mais chances de instalar malware no seu sistema. Embora seja importante obter informações sobre o coronavírus, deve-se apenas utilizar painéis verificados para evitar a invasão.

Secretaria de Saúde confirma dois primeiros casos de coronavírus em Pernambuco

Após confirmar dois primeiros pacientes, Pernambuco já investiga caso de circulação interna de coronavírus

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o mapa de casos

Comentários

Últimas notícias