COVID-19

Johnson&Johnson solicita aprovação para sua vacina à agência sanitária europeia

A chefe da comissão europeia afirmou que "está pronta para garantir a autorização assim que a EMA emitir um parecer científico positivo"

AFP
AFP
Publicado em 16/02/2021 às 15:06
Notícia
MICHAEL CIAGLO/AFP
Número de novos casos de covid-19 registrados no mundo diminuiu 16% na semana passada e o de mortes 10% - FOTO: MICHAEL CIAGLO/AFP
Leitura:

A farmacêutica americana Johnson&Johnson solicitou a autorização para sua vacina contra o coronavírus na União Europeia, informou nesta terça-feira (16) a agência sanitária europeia (EMA), que pode tomar uma decisão até meados de março.

"A EMA recebeu um pedido para a autorização provisória de uma vacina contra a covid-19 desenvolvida por Janssen-Cilag International N.V", a filial holandesa da Johnson&Johnson, informou o comunicado.

O regulador "pode notificar uma opinião em meados de março de 2021, se os dados da empresa sobre a eficácia, segurança e qualidade da vacina forem suficientemente abrangentes e robustos".

A EMA está sob forte pressão dos Estados europeus devido aos grandes atrasos na entrega das vacinas já autorizadas, AstraZeneca, Pfizer/BioNTech e Moderna.

A Comissão Europeia reagiu rapidamente ao anúncio da J&J e sua chefe, Ursula von der Leyen, garantiu que Bruxelas "está pronta para garantir a autorização assim que a EMA emitir um parecer científico positivo". A vacina da J&J já estava sendo monitorada pela EMA, pois seus testes clínicos são realizados desde 1º de dezembro.

Comentários

Últimas notícias