FAMÍLIA REAL

Príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, morre aos 99 anos

Anúncio foi feito pelo próprio Palácio de Buckingham

AFP
AFP
Publicado em 09/04/2021 às 8:21
YUI MOK/POOL/AFP
Príncipe Philipe - FOTO: YUI MOK/POOL/AFP
Leitura:

Marido da rainha Elizabeth II durante mais de sete décadas, o príncipe Philip, que havia passado recentemente por uma cirurgia cardíaca, faleceu nesta sexta-feira (9), dois meses antes de completar 100 anos.

"Com profundo pesar, Sua Majestade, a rainha, anuncia a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o príncipe Philip, duque de Edimburgo", afirma o comunicado divulgado pelo Palácio de Buckingham. "Sua Alteza Real faleceu em paz esta manhã no Castelo de Windsor", completa a nota.

Depois de receber a notícia da morte, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, elogiou "a vida e o trabalho extraordinários" do príncipe e enviou uma mensagem de pêsames à rainha. As bandeiras britânicas foram hasteadas a meio mastro nesta sexta-feira ao meio-dia, após o anúncio da morte do duque de Edimburgo. Philip, que em 10 de junho completaria 100 anos, foi visto pela última vez em 16 de março, quando saiu em um veículo do hospital King Edward VII de Londres, onde havia sido internado um mês antes.

Leia mais: Relembre momentos marcantes do Príncipe Philip na Família Real

Do hospital, ele retornou ao castelo de Windsor, quase 50 km a oeste de Londres, onde ele e a rainha, de 94 anos, permaneceram confinados desde o início da pandemia de coronavírus há mais de um ano.

Há vários anos os dois não passavam tanto tempo juntos, pois ele permanecia grande parte do ano na residência real de Sandringham e a rainha no Palácio de Buckingham ou de Windsor.

Depois de ser hospitalizado em 16 de fevereiro, por "medida de precaução" depois de passar mal, e diante das especulações e preocupação por sua idade avançada a Casa Real informou que sua internação não tinha relação com a covid-19, e sim com uma infecção.

Foto: AFP
O procedimento nos quadris já estava previsto. O príncipe Philip foi internado no hospital King Edward VII, em Londres - Foto: AFP
Foto: Matt Holyoak/ Buckingham Palace/CameraPress / AFP
Juntos, a Rainha Elizabeth II e e Philip tiveram quatro filhos, oito netos e cinco bisnetos. - Foto: Matt Holyoak/ Buckingham Palace/CameraPress / AFP
YUI MOK/POOL/AFP
Príncipe Philipe - YUI MOK/POOL/AFP
Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP
Philip de Edimburgo, de 96 anos, foi hospitalizado como ''medida de precaução'' para tratar uma infecção - Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP
Foto: AFP
Rainha comparecerá ao evento ao lado de seu marido Philip e dos netos, os príncipes William e Harry - Foto: AFP
Foto: LEON NEAL / AFP
O duque de Edimburgo foi hospitalizado na tarde de quinta-feira na London Clinic, no centro da capital - Foto: LEON NEAL / AFP
Foto: Adrian Dennis/ AFP
Príncipe Philip passou cinco dias internado em consequência de uma recaída na infecção urinária que contraiu em junho - Foto: Adrian Dennis/ AFP
Foto: Leon Neal / AFP
Duas salvas de honra serão disparadas em Londres na segunda-feira (10) pelo aniversário do príncipe consorte, cuja participação em vários atos programados para a semana não está garantida - Foto: Leon Neal / AFP
Foto: Leon Neal / AFP
Ele havia sido internado no último domingo (3) com infecção urinária - Foto: Leon Neal / AFP
Foto: BEN STANSALL / POOL / AFP
O duque de Edimburgo, de 90 anos, foi internado no hospital Edward VII de Londres por uma infecção na bexiga na tarde de segunda-feira (4) - Foto: BEN STANSALL / POOL / AFP

Sob forte expectativa midiática, ele foi transferido no início de março do pequeno e elegante King Edward VII para o grande hospital público St Bartholomew.

Nesta instituição, onde fica - de acordo com o site do hospital - o maior departamento especializado em doenças cardiovasculares da Europa, Philip foi submetido "com sucesso" a uma cirurgia "para tratar uma doença cardíaca preexistente".

A morte significa um novo revés para a família real britânica em um momento de crise para a monarquia, após a explosiva entrevista concedida pelo príncipe Harry e sua esposa Meghan no mês passado à apresentadora de televisão americana Oprah Winfrey.

Na entrevista, Harry, 36 anos, e Meghan, 38, explicaram os motivos de sua estrepitosa saída da realeza britânica e exílio na Califórnia. Eles afirmaram que um membro da família real demonstrou "preocupação" com a cor da pele que teriam seus filhos.

Pouco depois, Harry afirmou que a pessoa que fez a declaração não foi sua avó, a rainha, nem o avô, Philip, conhecido por diversas gafes e piadas de mau gosto, assim como pelo forte temperamento e franqueza.

Nascido príncipe da Grécia e da Dinamarca em 10 de junho de 1921, ao casar com Elizabeth ele renunciou à carreira militar e se submeteu ao estrito protocolo ligado à função. Sempre mostrou uma entrega total à coroa britânica.

Em 2009, Philip bateu o recorde de longevidade dos consortes dos monarcas britânicos, até então pertencente à Charlotte, a esposa de George III.

Depois de participar em mais de 22.000 compromissos oficiais desde que sua esposa chegou ao trono em 1952, o duque se aposentou da atividade pública em agosto de 2017.

Últimas notícias