Meio ambiente

O que é COP26, conferência sobre mudanças climáticas da ONU

COP26 acontece em Glasgow, Escócia, em novembro de 2021. Evento foi adiado em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus

JC
JC
Publicado em 01/05/2021 às 23:50
Notícia
ONU
Glasgow, capital da Escócia e da COP26, a conferência da ONU sobre mudanças climáticas - FOTO: ONU
Leitura:

A 26ª Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudança Climática, mais conhecida pela sigla COP26, é a principal cúpula da ONU para debate sobre questões climáticas. Será realizada de  1 a 12 de novembro de 2021, em Glasgow, na Escócia. A realização é conjunta do britânico com parceiros da Itália. Deveroa ter sido realizada em novembro de 2020, mas foi adiada por conta da pandemia de covid-19. O edifício sede do evento, na cidade de Glasgow, inclusive estava sendo usado como hospital de campanha.

A queima de combustíveis fósseis no transporte e também em atividades industriais é uma das maiores responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa, como dióxido de carbono. O uso dessas fontes de energia fósseis, segundo o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), causa o aumento de 1,5ºC a 2ºC por ano, o que pode comprometer a ordem econômica e social mundial. As regras para redução de emissões foram estabelecidas pelo Acordo de Paris e o Protocolo de Quioto, que fixaram metas obrigatórias de redução de emissões para 36 países industrializados e a União Europeia.

As regras do IPCC estabeleceram, a princípio, a necessidade de redução média de 5% nas emissões, em comparação com os níveis de 1990, por um perodo de cinco anos (2008 a 2012). A segunda fase foi de 2013 a 2020, com as Partes se comprometendo a reduzir as emissões de gases do efeito estufa em pelo menos 18% (em relação aos níveis de 1990). Porém, um número menor de países se comprometeu com essa segunda fase, além do fato de os Estados Unidos também não integrarem as etapas do Protocolo de Quioto.

Adiamento

Mais de 30 mil representantes do mundo deveriam se reunir na sessão que estava marcada para novembro de 2020. Mas, segundo autoridades do Reino Unido, o edifício que acolheria o evento foi transformado em hospital de campanha para tratar pacientes com covid-19. Para o presidente da COP26, Alok Sharma, a decisão de redefinir as datas da reunião se deveu ao desafio global sem precedentes para o qual “os países estão concentrando seus esforços, de forma correta, em salvar vidas e combater a covid-19.”

Já a secretária executiva da Convenção-Quadro da ONU sobre Mudança Climática, Unfccc, Patrícia Espinosa, disse que essa é a “ ameaça mais urgente que a humanidade enfrenta”. A representante realçou, no entanto, que “não se pode esquecer que a mudança climática é a maior ameaça que a humanidade enfrenta a longo prazo”. Por causa da pandemia, também foi adiada a sessão preparatória de negociações da COP26 que estava marcada para a primeira quinzena de junho. A reunião será realizada em outubro na sede da Unfccc em Bona, Alemanha. Esse período deve ser revisto em agosto.

 

Comentários

Últimas notícias