crise

Adolescente marroquino usa garrafas de plástico para boiar e conseguir entrar na Europa

O jovem atravessou a nado a fronteira do Marrocos, no continente africano, com a Espanha

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 20/05/2021 às 23:49
Notícia
REPRODUÇÃO/CNN BRASIL
Jovem imigrante marroquino - FOTO: REPRODUÇÃO/CNN BRASIL
Leitura:

A crise migratória para Europa registrou mais uma imagem marcante nessa quarta-feira (19). Um adolescente marroquino chegou à costa de Ceuta, cidade espanhola, com garrafas de plástico amarradas ao corpo para boiar com maior facilidade. O jovem atravessou a nado a fronteira do Marrocos, no continente africano, com a Espanha.

O rapaz chegou exausto e desesperado à praia de El Tarajal, em Ceuta. No local, policiais já esperavam sua saída da água para fazer a captura. Ao perceber que o esforço foi em vão, o adolescente começou a chorar. Os soldados ainda tentaram falar com o menino, pois, ele seria imediatamente devolvido ao Marrocos. Já sem forças, ele retira as garrafas do corpo e tenta correr para escalar um paredão de rocha. Os militares rapidamente seguram o jovem, que foi levado de volta à fronteira.

Ceuta é uma cidade autônoma administrada pela Espanha, mas fica no continente africano, na entrada do Estreito de Gibraltar, no Mar Mediterrâneo. Há barreiras na fronteira com Marrocos, construídas pela Espanha, para evitar a entrada de imigrantes vindos da África.

Comentários

Últimas notícias