AJUDA

Fotos mostram soldados ajudando crianças no Afeganistão

Exército americano divulgou nesta sexta-feira (2) fotos que mostram seus soldados cuidando de bebês e crianças afegãs no aeroporto de Cabul

AFP
Cadastrado por
AFP
Publicado em 20/08/2021 às 23:38 | Atualizado em 20/08/2021 às 23:42
ISAIAH CAMPBELL / US CENTRAL COMMAND PUBLIC AFFAIRS / AFP
Soldados segurando bebês em Cabul - FOTO: ISAIAH CAMPBELL / US CENTRAL COMMAND PUBLIC AFFAIRS / AFP
Leitura:

O Exército americano divulgou nesta sexta-feira (2)  fotos que mostram seus soldados cuidando de bebês e crianças afegãs no aeroporto de Cabul, onde as operações caóticas de evacuação têm sido alvo de fortes críticas dentro dos Estados Unidos.

Ao mesmo tempo, imagens de um bebê entregue por civis a soldados americanos que estavam em cima do muro que protege o aeroporto da capital afegã viralizaram. No vídeo, publicado ontem no Twitter, um militar passa o bebê por cima do arame farpado.

SAMUEL RUIZ / US CENTRAL COMMAND PUBLIC AFFAIRS / AFP
Soldados ajudam crianças no Afeganistão - SAMUEL RUIZ / US CENTRAL COMMAND PUBLIC AFFAIRS / AFP
OMAR HAIDIRI / COURTESY OF OMAR HAIDIRI / AFP
Pais entregaram crianças a soldados no Afeganistão - OMAR HAIDIRI / COURTESY OF OMAR HAIDIRI / AFP
ISAIAH CAMPBELL / US CENTRAL COMMAND PUBLIC AFFAIRS / AFP
Soldados ajudando crianças no Afeganistão - ISAIAH CAMPBELL / US CENTRAL COMMAND PUBLIC AFFAIRS / AFP
NICHOLAS GUEVARA / US MARINE CORPS / AFP
Soldados ajudando crianças no Afeganistão - NICHOLAS GUEVARA / US MARINE CORPS / AFP

Ao ser questionado sobre a imagem, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse que se tratou de um "ato de compaixão". "Um pai pediu aos marines que cuidassem do bebê, que estava doente", explicou. "O fuzileiro que é visto esticando o braço levou a criança para o hospital norueguês que fica no aeroporto. Eles cuidaram da criança e a devolveram para o pai. Não sei quem ele é, nem se solicitou um visto especial de imigração (SIV)."

O Exército dos EUA divulgou hoje fotos de seus soldados cuidando de crianças na área do aeroporto internacional Hamid Karzai. Em uma delas, um soldado sorri para um bebê, que o abraça. Em outra, duas militares carregam bebês nos braços, enquanto uma terceira mostra um soldado ajoelhado dando de beber a uma criança.

"Estes são os Estados Unidos que devemos incorporar", reagiu o congressista republicano e veterano da guerra do Iraque Peter Meijer. Ele disse no Twitter se sentir orgulhoso ao ver as fotos, empregando um tom consensual bem distante das polêmicas que abalaram os Estados Unidos desde a tomada de Cabul pelos talibãs, no último domingo.

Comentários

Últimas notícias