cop26

Merkel pede esforço global para colocar preço em emissões de gás carbônico

Angela Merkel também comentou que a Alemanha pretende se tornar neutra em emissões de gases estufa em "por volta de 2045".

Estadão Conteúdo
Cadastrado por
Estadão Conteúdo
Publicado em 01/11/2021 às 14:24
PAUL ELLIS/AFP
ALEMANHA Angela Merkel, chanceler alemã há 16 anos, tornou país protagonista em direitos humanos - FOTO: PAUL ELLIS/AFP
Leitura:
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, defendeu nesta segunda-feira, durante a cúpula climática COP-26, que seja desenvolvido um esforço global para estabelecer um preço nas emissões de gás carbônico. Segundo ela, esse passo é crucial para que as empresas busquem mais eficiência e possa ser cumprida a meta de controlar o aquecimento global, fechada no Acordo de Paris de 2015.
Merkel argumentou que é necessário que existam mecanismos para mensurar as emissões de gás carbônico "de modo vinculante", de modo a garantir que os países cumpram suas metas nessa frente.
Ela também comentou que a Alemanha pretende se tornar neutra em emissões de gases estufa em "por volta de 2045".
A chanceler alemã lembrou que seu país tem uma parceria em andamento com a Colômbia para preservar florestas.
 

Últimas notícias