Despedida

Cinzas de Desmond Tutu são enterradas

"As cinzas do arcebispo emérito Desmond Tutu foram enterradas na Catedral de São Jorge em um culto familiar privado", informou a igreja anglicana em um comunicado

AFP
Cadastrado por
AFP
Publicado em 02/01/2022 às 9:57
RODGER BOSCH / AFP
Homenagem a Desmond Tutu em frente a uma catedral na Cidade do Cabo - FOTO: RODGER BOSCH / AFP
Leitura:

As cinzas do último grande combatente contra o apartheid, Desmond Tutu, foram enterradas, neste domingo (2), em sua antiga paróquia na Cidade do Cabo, um dia após seu funeral.

"As cinzas do arcebispo emérito Desmond Tutu foram enterradas na Catedral de São Jorge em um culto familiar privado", informou a igreja anglicana em um comunicado. Sua viúva, conhecida como "Mama Leah", compareceu ao serviço religioso.

Suas cinzas agora repousam em um lugar especial em frente ao altar-mor, sob uma pedra gravada em letras maiúsculas: "Desmond Mpilo Tutu Out 1931 - Dez 2021 Arcebispo da Cidade do Cabo 1986-1996".

O corpo do ganhador do Prêmio Nobel da Paz foi reduzido a pó por aquamação, um método de cremação com água considerado uma alternativa ecologicamente correta aos sistemas convencionais.

História

Desmond Tutu faleceu em 26 de dezembro aos 90 anos. A África do Sul prestou homenagem à figura global no sábado em um funeral discreto, como ele desejava.

Tutu passou a ser conhecido nos piores anos do regime racista abolido em 1991. Ele organizou marchas pacíficas contra a segregação e defendeu sanções internacionais contra o regime branco de Pretória. Após a eleição de Nelson Mandela em 1994, ele presidiu a Comissão da Verdade e Reconciliação (TRC).

Últimas notícias