Só mulheres

Arábia Saudita tem primeiro voo com tripulação exclusivamente feminina

As sete tripulantes eram todas mulheres sauditas, com exceção da piloto, de outra nacionalidade

AFP
Cadastrado por
AFP
Publicado em 21/05/2022 às 18:50
Leitura:

Uma companhia aérea da Arábia Saudita realizou o primeiro voo do país com uma tripulação exclusivamente feminina, informaram neste sábado (21) autoridades do reino ultraconservador, que busca melhorar sua imagem.

O avião, operado pela flyadeal, voou na quinta-feira da capital, Riade, até Jidá, cidade costeira do Mar Vermelho, informou um porta-voz da companhia, Emad Iskandarani.

As sete tripulantes eram todas mulheres sauditas, com exceção da piloto, de outra nacionalidade, informou Iskandarani.

A autoridade de aviação civil saudita, que confirmou o anúncio da flyadeal, filial da companhia aérea nacional Saudia, comemorou o apoio à inclusão das mulheres neste setor.

Em 2019, a autoridade anunciou o primeiro voo com uma copiloto saudita.

Desde a ascensão do jovem príncipe-herdeiro Mohamed bin Salman, governante de fato do reino desde 2017, a Arábia Saudita vive uma relativa abertura social. Entre outras medidas, as mulheres foram autorizadas a dirigir no país em 2018.

No começo de maio, a Arábia Saudita anunciou que se tornaria um centro de operações mundial de transporte aéreo e triplicaria seu tráfego anual para chegar a 330 milhões de passageiros antes do fim da década.

O governo prevê injetar 100 bilhões de dólares no setor até 2030, lançar uma nova companhia aérea nacional e construir um novo "mega aeroporto" na capital.

Alguns analistas questionam, no entanto, a capacidade das companhias aéreas sauditas de concorrer com outros pesos pesados da região, como a Emirates ou a Qatar Airways.


 

 

Últimas notícias