Falecimento

Morre aos 87 anos, no Recife, o pintor Wilton de Souza

O sepultamento está marcado para às 13h, desta segunda (9), no Cemitério de Santo Amaro

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 08/03/2020 às 18:22
Notícia
 MAIRA GAMARRA/DIVULGAÇÃO
Wilton de Souza morreu aos 87 anos - FOTO: MAIRA GAMARRA/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Faleceu na manhã deste domingo (8), aos 87 anos, no Recife, o pintor, gravador, escultor, tapeceiro, cenógrafo e cronista de arte, Wilton de Souza. Ele atuou desde os anos 1950 na cena artística local, tendo participado da formação da Galeria Metropolitana de Arte Aloisio Magalhães, onde foi diretor, entre os anos de 1981 até 1987.

Wilton de Souza nasceu no Recife no ano de 1933 e estava internado no Hospital Boa Viagem, Zona Sul da cidade, desde a última sexta-feira (6) em decorrência de um quadro de isquemia cerebral. Na manhã deste domingo o artista teve uma parada respiratória e após ser reanimado por três vezes, sofreu uma parada cardíaca.

Wilton deixa a esposa, Tânia Trindade Souza, quatro filhos e dez netos. Ele foi ainda diretor do Museu Murillo La Greca e vice-presidente da Escolinha de Arte do Recife, em 1987, além de ser membro da Academia de Artes e Letras no Recife e da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro.

Velório

O velório será realizado nesta segunda-feira (9), a partir das 9h, no Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), com entrada pela Rua da União, 88. O sepultamento está marcado para às 13h, no Cemitério de Santo Amaro.

Condolências 

A secretária de Cultura, Leda Alves, o presidente da Fundação de Cultura Cidade do Recife, Diego Rocha, e toda a equipe do MAMAM, lamentaram o falecimento de Wilton de Souza (1933-2020). Considerado um patrimônio histórico das artes visuais recifenses, o artista trabalhou até os últimos dias como gerente e zeloso guardião do acervo do MAMAM. A equipe do Museu também se solidarizou com os familiares e amigos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias