Covid-19

Petrolina confirma segundo caso de coronavírus no município

Trata-se de um homem, de 53 anos, com histórico de viagem recente a outros estados do país

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 25/03/2020 às 20:42
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Pesquisa foi feita entre 1 e 3 de abril - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

A Secretária Municipal de Saúde de Petrolina confirmou o segundo caso do novo coronavírus (covid-19) na cidade. O anuncio foi feito nesta quarta-feira (25) e trata-se de um homem de 53 anos, com histórico de viagem recente a outros estados do país. Segundo informações da Secretaria, o paciente está internado em um hospital da rede particular e o estado de saúde é considerado estável.

Seguindo indicações do Ministério da Saúde, as pessoas que tiveram contato com o paciente estão em isolamento domiciliar e sendo monitoradas por equipes do município.

A prefeitura reforçou a recomendação para que a população permaneça em casa, em isolamento social, para evitar a propagação do vírus. Após essa confirmação de covid-19, o município segue investigando mais 8 casos suspeitos, enquanto 11 já foram descartados.

"Foram notificados mais dois pacientes com suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), já com exames coletados. Um paciente recebeu alta e encontra-se em isolamento domiciliar, sendo monitorado pela Secretaria de Saúde. O outro segue internado e ambos aguardam o resultado do Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE). Temos 14 casos de SRAG em investigação, sendo 1 deles já confirmado para Influenza A e outro anteriormente para H1N1. Nenhum óbito relacionado a essas doenças foi registrado na cidade. Não é preciso pânico, pois a prefeitura tem um grupo que avalia e monitora toda a situação”, lembrou a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias