Solidariedade

Pernambuco libera R$ 1,4 milhão para pessoas em vulnerabilidade social

Também é possível fazer doações através de conta bancária ou entregando itens que vão desde alimentação a produtos de higiene

JC
JC
Publicado em 26/03/2020 às 15:07
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Com a pandemia do novo coronavírus moradores de rua e pessoas que vivem na rua sofrem. Ruas do Recife ficam com pouco movimento. Rua do Imperador no centro do Recife, Pernambuco. - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Governo de Pernambuco divulgou nesta quinta-feira (26) novas ações da Campanha Pernambuco Solidário contra o coronavírus. Desta vez a estratégia visa fortalecer as ações com foco nas pessoas em vulnerabilidade social, como os moradores de rua. Será liberada uma verba de R$ 1,4 milhão para 184 municípios e o distrito de Fernando de Noronha. Além disso, canais para doação de mantimentos estão sendo abertos para aqueles que desejarem colaborar.

Atualmente há 240 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza no Estado que não recebem o Bolsa Família, e mais de três mil pessoas em situação de rua. Na campanha serão implantados pontos de cuidado com estrutura para atender a 360 pessoas em situação de rua por dia, durante todos os dias da semana, pela manhã, à tarde e à noite.

Os pontos de cuidado serão instalados no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho. Esses locais terão estruturas para que as pessoas possam tomar banho, lavar roupas e receber kits de alimentação e de higiene, além de panfletos informativos com foco na prevenção ao coronavírus. O objetivo da ação é garantir alimentação e itens de higienização, para reduzir a possibilidade de contágio e transmissão.

No Recife, a estrutura vai funcionar no Armazém 14, e nos demais municípios ainda serão definidos. Todos os pontos de cuidado terão recepção, área de espera para banho, banheiros com chuveiros, pias para lavagem de roupa e área de alimentação. As pessoas receberão roupas para usar enquanto lavam as suas.

Além dos pontos de cuidados, a verba liberada pelo governo de Pernambuco será usada para cofinanciamento na concessão de benefícios eventuais para todo o Estado. As ações serão coordenadas pelas secretarias estaduais de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas (SPVD).

Doações podem ser feitas

Foram montadas duas estratégias para arrecadar doações. Elas podem ser feitas em depósito em dinheiro na conta corrente da organização sem fins lucrativos Porto Social. Também será possível realizar a doação de alimentos, água mineral, produtos de higiene pessoal e de limpeza.

As doações de mantimentos devem ser comunicadas ao número 0800-081-4421 ou através do WhatsApp (81-98494-1969). Será necessária uma quantidade mínima de 50 quilos de alimentos ou produtos de higiene e limpeza, ou 50 litros de água mineral, para ser feita a coleta, por razões de logística.

 

Doações em dinheiro:

Associação Incubadora Porto Social - CNPJ 25.087.812/0001-47

Banco Bradesco – número 237)

Agência 1164

Conta corrente: 50.071-2

Doações de alimentos, água, produtos de higiene e material de limpeza:

• 0800 081 4421

• 81-98494 1969 (WhatsApp)

Ação nas comunidades carentes

Através de uma parceria com a Central Única das Favelas em Pernambuco (Cufa-PE) será feita a distribuição de panfletos e cartazes nas comunidades pobres do Estado, além de contar com dois mobilizadores sociais por favela. A ação procura atingir as comunidades do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Cabo de Santo Agostinho e Paulista, todas da Região Metropolitana. Estes municípios que concentram 97% das favelas do Estado.

Os cidadãos que estiverem fora do grupo de risco e desejarem oferecer sua força de trabalho voluntário, poderão se inscrever via internet, pela plataforma Transforma Recife, no endereço www.transformarecife.com.br.

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Com a pandemia do novo coronavírus moradores de rua e pessoas que vivem na rua sofrem. Ruas do Recife ficam com pouco movimento. Rua do Imperador no centro do Recife, Pernambuco. - FOTO:ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias