DESVIO DE ENERGIA

Operações em Paulista e Porto de Galinhas identificam fraudes de energia em fábrica de sorvete e supermercado

As operações foram realizadas pela Celpe em conjunto com a Polícia Militar de Pernambuco

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 28/05/2020 às 20:21
Notícia
DIVULGAÇÃO/CELPE
Na fábrica de sorvetes, foi identificado sistema de fraude para desvio de energia diretamente do transformador. Já no supermercado, a fraude foi identificada no medidor de energia - FOTO: DIVULGAÇÃO/CELPE
Leitura:

Operações realizadas pela Companhia Energética de Pernambuco nesta quinta-feira (28) no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR), e em Porto de Galinhas, no Litoral Sul de Pernambuco, identificaram fraudes de energia em uma fábrica de sorvete e em um supermercado. As operações foram realizadas em conjunto com a Polícia Militar.

De acordo com a Celpe, na fábrica de sorvetes, localizada em Paulista, foi identificado um complexo sistema de fraude para desvio da energia diretamente do transformador que atende à instalação. Os técnicos da concessionária estimam que a fraude poderia abastecer 18 mil residências durante 30 dias. Já no supermercado em Porto de Galinhas, a fraude foi identificada no medidor de energia, que foi adulterado para instalação de aparelho que impossibilitasse a leitura correta do consumo de energia. Com o consumo desviado pelo estabelecimento, cerca de 1.700 residências poderiam ser abastecidas por 30 dias.

Além de efetuar a cobrança dos valores devidos de energia elétrica, a distribuidora formalizará notícia-crime junto à Delegacia de Paulista e de Ipojuca, para a aplicação das sanções previstas em lei.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias