PANDEMIA

O sábado com maior registro do número de óbitos desde o início da pandemia, diz estatístico

Foram registrados 1285 novos casos da covid-19 em Pernambuco e 98 óbitos provocado pelo vírus nas últimas 24 horas

JC
JC
Publicado em 27/06/2020 às 20:55
Notícia
HÉLIA SCHEPPA/SEI
Secretário de Saúde, André Longo, pede que os municípios do Agreste cumpram a quarentena mais rígida - FOTO: HÉLIA SCHEPPA/SEI
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, neste sábado (27.06), 1.285 novos casos da covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados, 1.023 (80%) são casos leves. Isso significa que são pacientes que não precisaram de internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Outros 262 (20%) apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). No boletim divulgado neste sábado (27), foram confirmados 98 óbitos, sendo que 65 mortes (66%) ocorreram entre o dia 15 de abril e 23 de junho e 33 - que representam 34% – ocorreram nos últimos três dias. "Entre todos os sábados, desde o começo da pandemia, foi o de maior registro no número de óbitos, segundo um cálculo feito pelo cientista do Lika Jones Albuquerque", contou o estatístico e professor do Departamento de Estatística da Universidade Federal de Pernambuco Gauss Cordeiro. 

>> Coronavírus: principal hospital do Agreste, em Caruaru, tem 100% dos leitos de UTI ocupados

Para ele, esse número de óbitos reflete as aglomerações que ocorreram desde o final de maio, principalmente no interior, onde muitas pessoas foram as feiras comprar roupas ou bens relacionados às festas juninas. "A pandemia não está sob controle em Pernambuco, inclusive porque ocorreu a sua interiorização", resumiu. Localizada no Agreste, Caruaru continua sendo a quinta cidade do Estado com mais internados com SRAG totalizando 289 pacientes, dos quais  267 estão em enfermarias e 22 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Conhecida como Princesa do Agreste, o município concentra o comércio e serviços de outras cidades do seu entorno.

Agora, Pernambuco totaliza 57.089 casos confirmados do novo coronavírus, dos quais 19.126 são graves e 37.963 leves. O total de mortes foi de 4.708. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 177 municípios pernambucanos. Foram curadas 38.489 pessoas pela covid-19 no Estado.

Entre os 98 óbitos, 42 eram do sexo feminino e 56 do sexo masculino. As mortes confirmadas  são de pessoas residentes em: Abreu e Lima (1), Afogados da Ingazeira (1), Agrestina (2), Araripina (1), Bezerros (1), Cabo de Santo Agostinho (15), Camaragibe (1), Caruaru (4), Catende (2), Escada (6), Feira Nova (1), Gameleira (2), Ipojuca (3), Jaboatão dos Guararapes (12), Jurema (1), Lagoa dos Gatos (1), Olinda (3), Palmares (2), Paulista (1), Pesqueira (4) , Petrolina (1), Primavera (1), Recife (25), Ribeirão (1), Rio Formoso (2), Sirinhaém (1), Toritama (1), Vitória de Santo Antão (1) e outro Estado (1).

Ainda no Estado, as cidades que têm maior número de pacientes hospitalizados com SRAG são Jaboatão dos Guararapes - com 712 pacientes, incluindo 679 em enfermarias e 22 em UTIs - e o Recife com um total de 685 pessoas, sendo 631 em enfermarias e 54 em UTIs.

PREOCUPAÇÃO

A grande preocupação do governo do Estado agora é com a propagação do vírus no Agreste e Sertão do Estado.  Na manhã deste sábado, O secretário estadual de Saúde, André Longo, e a vice-governadora, Luciana Santos (PCdoB) estiveram em Bezerros, no Agreste pernambucano, para acompanhar as ações da quarentena mais rígida na localidade, iniciadas na última sexta (26). Até o dia 5 de julho, só estão autorizados a funcionar os serviços essenciais numa parte do Agreste, que inclui Bezerros e Caruaru. A população também só poderá sair de casa para serviços essenciais, como ir a supermercados, farmácias, padarias, postos de gasolina e serviços de saúde. O objetivo é diminuir o número de casos do novo coronavírus na localidade.

Eles também se encontraram como prefeito daquela cidade, Breno de Lemos Borba, para discutir estratégias de enfrentamento ao covid-19. Ainda nessa reunião, André Longo informou que no primeiro dia do isolamento mais rígido foi notada uma melhora do distanciamento social em 13% em Bezerros, além de 14% em Caruaru. “Precisamos qualificar nossa comunicação com o público para que seja feito o isolamento social e para que, quando for necessário sair de casa, haja o uso correto da máscara, assim como as outras ações de higiene, como a lavagem das mãos ou a utilização do álcool em gel. Esperamos que esses dez dias de isolamento mais rigoroso evitem novas contaminações e ajudem a diminuir a curva de casos”, revelou André Longo. O secretário pediu a compreensão de todas as prefeituras do Agreste na “ampliação do isolamento social em toda a região”.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 15.404 casos foram confirmados e 18.352 descartados. As testagens incluem os profissionais de todas as unidades de saúde, incluindo rede pública (estadual e municipal) ou privada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias