Chuvas

Fortes chuvas acendem alerta em Sairé, no Agreste de Pernambuco, e em cidades vizinhas

Segundo o prefeito de Sairé, nas últimas 12 horas choveu 87 milímetros no município.

Larissa Lira Larissa Lira
Larissa Lira
Larissa Lira
Publicado em 15/06/2020 às 17:15
Notícia
REPRODUÇÃO / TWITTER
De acordo com a Defesa Civil do Estado, em termos técnico, não houve o rompimento da barragem - FOTO: REPRODUÇÃO / TWITTER
Leitura:

Matéria atualizada às 19h28

O prefeito de Sairé, Fernando Pergentino (PSB), no Agreste pernambucano, confirmou na tarde desta segunda-feira (15) que, devido as fortes chuvas, a barragem Guilherme Pontes apresentou problemas. O gestor afirmou que a situação está sob controle e os municípios limítrofes de Barra de Guabiraba e Cortês já foram alertados sobre o acontecimento. De acordo com a coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco (Codecipe), em termos técnicos, a barragem teve um dano estrutural, causado pelo alto volume de chuvas, mas não chegou a se romper. 

"Nas últimas 12 horas choveu 87 milímetros em Sairé. Nós informamos aos municípios vizinhos, mas, por enquanto, a situação está sob controle. Estamos em alerta por causa de uma outra barragem que também possa apresentar problemas e, por isso, já há uma equipe no local fazendo o devido acompanhamento", pontuou o prefeito de Sairé. 

Segundo a assessoria de comunicação da Codecipe, o rompimento só se caracteriza quando há uma quebra total da estrutura, com um grande volume de água em uma grande velocidade, o que não aconteceu neste caso, pelo menos até a publicação desta matéria. "Em termos técnicos, não temos essa informação de rompimento em Sairé, mas sim de danos à estrutura. A barragem é particular e no momento que percebeu que havia uma probabilidade de rompimento foi feito um escoamento lateral. Há um grande volume de água sim, mas seguindo de forma gradual", explicou. Ela também afirmou que uma equipe da Codecipe visitará o local nesta terça-feira (16). 

Em nota, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) disse que, junto com a Defesa Civil do Estado, está acompanhando a situação. Segundo a agência, a barragem não havia sido cadastrada pelo empreendedor. Leia a nota na íntegra:

A Apac, com apoio da Coordenadoria de Defesa Civil do Estado de Pernambuco-CODECIPE está acompanhando o rompimento da barragem Guilherme Pontes, localizada nas proximidades do Sítio Estivas em Sairé-PE, agreste do Estado.

De acordo com a localização aproximada, pois a barragem particular não foi cadastrada pelo empreendedor, trata-se de uma barragem de terra com cerca de 8m de altura, 120m de comprimento e acumulação da ordem de 350mil metros cúbicos.

A barragem Guilherme Pontes, encontra-se construída em curso d’água afluente ao rio Sirinhaém, sendo recomendado a população seguir as orientações da defesa civil de seu município.

Volume de chuvas 

O Governo de Pernambuco informou que, nas últimas 48 horas, o município de Sairé registrou um volume acumulado de chuvas de 112mm, 100% volume total esperado para o mês de junho. A previsão do tempo para a região agreste para esta terça-feira (16) é de tempo parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada no período da tarde e noite com intensidade fraca a moderada.

Barra de Guabiraba

De acordo com o secretário de Administração e Planejamento de Sairé, Wendes Oliveira, os danos causados pelas chuvas foram apenas materiais e ninguém ficou ferido. A preocupação, segundo ele, é com Barra de Guabiraba, município vizinho a Sairé.

Pelo Facebook, a Prefeitura de Barra de Guabiraba compartilhou um alerta para os moradores devido o volume do Rio Sirinhaém, que abrange 19 municípios.  

??ATENÇÃO?? Após o forte temporal que caiu nesta madrugada em Barra de Guabiraba e região, a Defesa Civil alerta aos...

Publicado por Prefeitura Municipal de Barra de Guabiraba em Segunda-feira, 15 de junho de 2020

Em entrevista à Rádio Jornal, o coordenador da Defesa Civil de Barra de Guabiraba, Nazareno Maranhão, falou sobre a situação do volume de água no município. "O Rio Serinhaém subiu cerca de 5 metros. Isso já causou água nas ruas e estamos esperando um volume maior por causa da barragem de pequeno porte em Sairé. Estamos esperando essa água chegar no município, mas já estamos em alerta. Os moradores da zona ribeirinha já deixaram suas casas e no momento não há nenhuma vítima", afirmou.
CORTESIA
Município de Barra de Guabiraba nesta segunda-feira (15) devido fortes chuvas. - CORTESIA
CORTESIA
Município de Barra de Guabiraba nesta segunda-feira (15) devido fortes chuvas. - CORTESIA
CORTESIA
Município de Barra de Guabiraba nesta segunda-feira (15) após fortes chuvas. - CORTESIA
CORTESIA
Município de Barra de Guabiraba nesta segunda-feira (15) após fortes chuvas. - CORTESIA

Previsão do Tempo

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a previsão do tempo para o Agreste nesta terça-feira (16) é de parcialmente nublado com pancadas de chuva de forma isolada no período da tarde e noite com intensidade fraca a moderada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias