Pânico

Durante a madrugada, assalto a agência bancária em cidade do Agreste aterroriza moradores

A ação aconteceu no município de Tacaimbó por volta de 1h30 desta segunda-feira (03)

Vanessa Moura
Vanessa Moura
Publicado em 03/08/2020 às 6:51
Notícia

Divulgação
Assalto na agência do Bradesco de Tacaimbó, Agreste de Pernambuco - FOTO: Divulgação
Leitura:

Atualizada às 9h30*

Com tiros e explosões, a madrugada desta segunda-feira (03) foi de pânico para os moradores de Tacaimbó, no Agreste de Pernambuco. Por volta de 1h30, criminosos invadiram a agência do Bradesco da cidade e explodiram um dos caixas eletrônicos. De acordo com a Polícia Militar, diversos grampos de metal foram implantados nas proximidades do centro comercial do município para facilitar a fuga dos suspeitos. 

Ainda segundo a polícia, diversas varreduras estão sendo realizadas nas estradas vicinais que dão acesso aos distritos de Fazenda Velha, Vila Nova, São Caetano e outras prováveis rotas de fuga na região.

Após perícia realizada pela equipe do Instituto de Criminalística (IA) no local, foi constatado que os envolvidos utilizaram armas de calibres 556 e 12 durante a ação criminosa. Em nota, a Polícia Militar informou que as investigações e as buscas pelos suspeitos continuam em andamento. 

Até o momento não há informações sobre a quantia em dinheiro levada do local. Apesar do enorme estrago causado ao estabelecimento, a ação não deixou feridos.  

Veja imagens:

Divulgação
Assalto na agência do Bradesco de Tacaimbó, Agreste de Pernambuco - Divulgação
Divulgação
Assalto na agência do Bradesco de Tacaimbó, Agreste de Pernambuco - Divulgação
Divulgação
Assalto na agência do Bradesco de Tacaimbó, Agreste de Pernambuco - Divulgação

A reportagem do JC entrou em contato com a Polícia Civil para maiores esclarecimentos mas ainda não obteve retorno, assim que as respostas chegarem a matéria será atualizada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias