educação

Alunos da UFPE reclamam da pouca oferta de vagas para semestre online

Por conta da oferta reduzida de vagas, estudantes precisam disputar pelas classes mais concorridas.

JC
JC
Publicado em 20/08/2020 às 10:13
REPRODUÇÃO/FACEBOOK UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Aulas presenciais foram suspensas em 16 de março devido à pandemia - FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
Leitura:

Com o andamento das matrículas do semestre suplementar da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), os estudantes reclamam da dificuldade em se inscrever em disciplinas. Os alunos relatam não conseguirem se cadastrar nas cadeiras desejadas. Por conta da oferta reduzida de vagas, eles precisam disputar pelas turmas mais concorridas. As queixas levaram o termo “UFPE” a ser um dos assuntos mais comentados do Twitter no Brasil na noite dessa quarta-feira (12).

Uma estudante de Engenharia Mecânica, de 18 anos, que não quis ter seu nome identificado, por exemplo, não conseguiu efetivar a matrícula das quatro cadeiras que solicitou. “ Todo dia o D.A. (diretório acadêmico) enviava as notas de corte (das disciplinas), e, no ranking, dava para entrar nas cadeiras que me inscrevi. Mas, quando saiu o resultado, ontem de noite, no UFPE Mobile, eu só havia conseguido vaga em duas, que são do meu período atual”, comentou. As outras que ficaram de fora são de semestres adiantados.

Ela também contou que houve diminuição no número de alunos em algumas turmas. “Uma das disciplinas que consegui, Ciência dos Materiais, normalmente tem 40 vagas, e já são apertada. Agora, no período de modificação, abriram 20”, pontuou. Ela citou também as cadeiras da Área II, centro que concentra aulas do ciclo básico dos cursos de Tecnologia e de Ciências Exatas da UFPE. “(A disciplina de) Cálculo abriu duas vagas para cada curso”, revelou.

Já o estudante de Economia Davi Aguiar, 20, pôde se matricular nas quatro turmas em que se inscreveu, mas reclamou das poucas ofertas de disciplinas para o semestre online. “Tinham outras cadeiras que presencialmente pagaríamos neste período e não estão sendo oferecidas online”.

Para garantir as vagas, Davi disse que fez a solicitação na madrugada do dia 8, assim que se iniciou o período de matrículas. “Eu fiquei atento no dia, porque eu achei que poderia haver alguma sobrecarga. Antes disso, a gente recebeu um esboço da quantidade de vagas por cadeiras e algumas tinham pouquíssimas vagas para um curso online. Acho que isso poderia ter sido revisto”, afirmou.

Por nota, a UFPE respondeu que o semestre suplementar (2020.3) ofertou “2.259 disciplinas (através dos Estudos Continuados Emergenciais) distribuídas em 2.937 turmas e um total de 1.906 docentes”.

“Neste Período de Complemento de Matrícula, de 19 a 24 de agosto de 2020, a UFPE dispõe de 1.883 turmas que possuem vagas abertas para solicitação dos/as estudantes. Este período é importante para ampliação da divulgação das disciplinas que possuem vagas para o corpo estudantil, bem como para a realização de ajustes que sejam necessários na oferta de vagas. Até o momento, a UFPE registrou 24.584 (vinte e quatro mil quinhentos e oitenta e quatro) estudantes matriculados nas disciplinas ofertadas no Semestre 2020.3 (cerca de 84% dos estudantes ativos no Sig@)”, falou, no texto.

“Reiteramos a importância do diálogo e registramos que a UFPE está empenhada para que o Semestre Suplementar ocorra de forma exitosa, preservando a qualidade do ensino, da aprendizagem, a saúde e a vida de todas e todos nesta travessia”, concluiu.

A instituição também reforçou o calendário do período:

• 08 a 14/08/2020 - Solicitação de matrícula, através do Sig@, pelos estudantes;
• 15 a 18/08/2020 - Período de Ajustes Iniciais de oferta 2020.3 pelas Coordenações de Curso e de Área;
• 17 a 20/08/2020 - Período para concessão e solicitação de vagas pelas Coordenações de Curso e de Área para 2020.3 para outros cursos e campus;
• 19 a 24/08/2020 - Período para Complementação de matrícula pelos estudantes que já solicitaram matrícula entre 08 a 14/08/2020;
• 25 a 26/8/2020 - Ajustes finais pela coordenação de curso e de área.

Veja a nota da UFPE na íntegra

"Os Estudos Continuados Emergenciais formam um conjunto de medidas e estratégias educacionais excepcionais e temporárias para as atividades de ensino de graduação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), construídos de maneira dialogada com a comunidade acadêmica. Em relação à organização acadêmico-administrativa, a proposta geral para o Calendário Suplementar (2020.3), (https://www.ufpe.br/documents/38970/2539618/calendario+academico+2020.3.pdf/d7fd2a42-d1de-4096-8348-87d5b2c134b7) indica momentos importantes para os/as estudantes e para as coordenações de cursos quanto ao período de matrícula:

• 08 a 14/08/2020 - Solicitação de matrícula, através do Sig@, pelos estudantes;
• 15 a 18/08/2020 - Período de Ajustes Iniciais de oferta 2020.3 pelas Coordenações de Curso e de Área;
• 17 a 20/08/2020 - Período para concessão e solicitação de vagas pelas Coordenações de Curso e de Área para 2020.3 para outros cursos e campus;
• 19 a 24/08/2020 - Período para Complementação de matrícula pelos estudantes que já solicitaram matrícula entre 08 a 14/08/2020;
• 25 a 26/8/2020 - Ajustes finais pela coordenação de curso e de área.

O Semestre Suplementar (2020.3) contou com uma oferta de 2.259 disciplinas (através dos Estudos Continuados Emergenciais) distribuídas em 2.937 turmas e um total de 1.906 docentes.

Neste Período de Complemento de Matrícula, de 19 a 24 de agosto de 2020, a UFPE dispõe de 1.883 turmas que possuem vagas abertas para solicitação dos/as estudantes. Este período é importante para ampliação da divulgação das disciplinas que possuem vagas para o corpo estudantil, bem como para a realização de ajustes que sejam necessários na oferta de vagas.

Até o momento, a UFPE registrou 24.584 (vinte e quatro mil quinhentos e oitenta e quatro) estudantes matriculados nas disciplinas ofertadas no Semestre 2020.3 (cerca de 84% dos estudantes ativos no Sig@)."

Comentários

Últimas notícias