Celebração

Missa e concerto lembram 21 anos da morte de dom Helder Câmara

Dom Helder Câmara, arcebispo emérito da Arquidiocese de Olinda e Recife, é reconhecido mundialmente por seus trabalhos sociais

Jorge Nunes
Jorge Nunes
Publicado em 24/08/2020 às 15:25
Notícia
Foto: Arquidiocese de Olinda e Recife
Dom Helder tinha como missão de vida ajudar os menos favorecidos - FOTO: Foto: Arquidiocese de Olinda e Recife
Leitura:

Na próxima quinta-feira (27) serão completados 21 anos do falecimento do arcebispo emérito da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Helder Câmara. A data será lembrada com uma missa que será presidida pelo atual arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. A celebração será às 19h na igreja catedral de Santíssimo Salvador, no Alto da Sé, em Olinda. A missa será aberta para fieis e familiares, entretanto aqueles que não puderem ir a catedral poderão acompanhar a missa pelo canal da arquidiocese no Youtube.

Após a celebração será transmitida, pelo canal do IDHeC no YouTube, a live dom Helder em Concerto, com o tenor Igor Alves. O início da apresentação será às 20h30.

As homenagens aos 21 anos do falecimento de dom Helder Câmara, no entanto, começam na quarta-feira (26) com uma exposição promovida IDHeC na Livraria Paulus, no Centro do Recife. “Recomendo a exposição para quem não conheceu dom Helder de perto, para que bebam de sua sabedoria, mas indico também aos que conheceram este Servo de Deus para que relembrem os momentos de sua vida e sua obra”, disse dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife. A exposição fica na Livraria Paulus de 26 de agosto a 5 de setembro. No período da exposição, a Paulus colocará em destaque os livros escritos por dom Helder - ou sobre ele – para venda.

111 anos de dom Helder Câmara: instituto precisa de ajuda para reforma

Dom Helder foi um ícone da justiça social, chegando até mesmo ser declarado Patrono Brasileiro dos Direitos Humanos em 2017 por meio da Lei n 13.581. A Organização das Nações Unidas (ONU) também reconheceu os trabalhos feitos pelo religioso. Em Pernambuco, a condecoração de Patrono dos Direitos Humanos de Pernambuco está prevista na Lei 17.006, que passou a valer no dia 10 de agosto de 2020.

Caso ainda estivesse vivo, Dom Helder teria completado 111 anos no dia 2 de fevereiro de 2020. O processo para sua beatificação e canonização foi aberto pela arquidiocese de Olinda e Recife junto ao Vaticano em 2015, e foi encerrado em 2018 enviando ao Vaticano uma caixa lacrada com toda a documentação.

Comentários

Últimas notícias