Animais

HVR abre no Recife agendamento para castração de animais no mês de outubro

Atendimento é voltado apenas para moradores do Recife

Jorge Nunes
Jorge Nunes
Publicado em 30/09/2020 às 13:37
Notícia

Pixabay
O hospital tenta se adaptar ao novo momento que vive o mundo - FOTO: Pixabay
Leitura:

O Hospital Veterinário do Recife Robson José Gomes de Melo (HVR), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, está abrindo nesta quinta-feira (1) e nesta sexta-feira (2), o agendamento para a castração de cães e gatos, que acontecerá no mês de outubro. A marcação poderá ser feita por cidadãos que residem no Recife, pelo site ou pelos telefones 3224-3001,3224-4001, e 3446-9808, das 09h às 13h.

"Esse é um serviço muito procurado aqui no Hospital e estava suspenso desde março devido à pandemia da covid-19. Em setembro, voltamos com 300 vagas e, agora em outubro, vamos oferecer cerca de 900 vagas para castração tanto de gatos, quanto de cães.", explica Carlos Augusto Steinen, Secretário Executivo dos Direitos dos Animais do Recife.

Para ter direito ao atendimento do cão ou do gato no HVR, o tutor deve estar em posse do comprovante de residência no Recife, além de documento oficial com foto, já o animal deve estar de jejum de 12 horas, tanto de comida quanto de água. As dependências do hospital vem vendo diariamente higienizadas, para prevenir a propagação do novo coronavírus. A ação é um parceria da Secretaria Executiva dos Direitos dos Animais - SEDA com a  Secretaria de Saúde do Recife, através do Centro de Vigilância Ambiental - CVA.

A SEDA realizou cerca de 34 mil castrações, sendo mais de 19 mil somente no HVR. Com a sua inauguração em 2017, o Hospital Veterinário do Recife Robson José Gomes de Melo é o primeiro hospital do norte/nordeste voltado exclusivamente para animais, ao todos foram 6.700 cirurgias e, somando com os atendimentos ambulatoriais, mais de 81 mil procedimentos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias