Combate à desinformação

Confere.ai lança nova função de checagem nesta segunda-feira (26)

Segunda versão do projeto faz verificação de textos. Checagem de links já havia sido implementada no lançamento da plataforma, em setembro

JC
JC
Publicado em 26/10/2020 às 10:00
Notícia

CONFERE.AI
FACT CHECK Confere.ai faz checagens usando inteligência artificial - FOTO: CONFERE.AI
Leitura:

A nova versão do Confere.ai, ferramenta de checagem automática de notícias, está disponível a partir desta segunda-feira (26). Além de fazer a verificação de links, os usuários da plataforma poderão checar a partir de agora textos noticiosos. A atualização contempla a checagem de textos com mais de 100 palavras, quantidade mínima necessária para extrair padrões suficientes de desinformação, e entrega a resposta em menos de 10 segundos ao público. Para usar a nova função da ferramenta, basta acessar Confere.ai e colar um texto no campo de checagem.


Desenvolvido pela Verific.ai e pesquisadores da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) junto ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), o Confere.ai é um medidor de características de desinformação, que utiliza técnicas de inteligência artificial e identifica padrões de conteúdos falsos ou enganosos. A ferramenta responderá ao usuário com o nível de desinformação, que pode ir de mínimo - selo para links e textos com poucos indícios de serem enganosos - a crítico, para notícias com muitas características presentes em uma desinformação.


A função de checagem de texto chega para complementar a versão de verificação de links, lançada no último dia 24 de setembro, e visa sobretudo alcançar aqueles textos que circulam em aplicativos de mensagem, como o Whatsapp, e em outras redes sociais. Foram identificados mais de 15 elementos muito frequentes em uma desinformação, que são buscados de forma automática. “Passamos cerca de seis meses construindo e estudando um banco de dados de conteúdos com desinformação, enganosos e verdadeiros, para identificar quais as características mais importantes como indícios de uma mentira”, explica a coordenadora editorial do Confere.ai, Alice de Souza.

APRENDA A USAR O CONFERE.AI


O Confere.ai analisa quatro classes de padrões. No caso de texto, são analisadas características de formato de publicação de uma notícia, segundo princípios jornalísticos, e elementos gramaticais, a partir da morfologia. Também é utilizada uma inteligência computacional, treinada a partir dos critérios identificados em estudos acadêmicos sobre padrões de desinformação e com o suporte do corpus de notícias falsas e enganosas Fake.BR, construído pela Universidade de São Paulo (USP).

“A partir desse banco de dados, foram propostas diferentes formas de avaliar uma notícia, e com a aplicação de técnicas de inteligência computacional, foi possível identificar as mais eficientes no processo de identificação de conteúdos relacionados a desinformação e utilizá-las dentro da nossa metodologia de checagem”, afirma o líder técnico do projeto, Matheus Marinho.


O projeto também produz conteúdos para ensinar a identificar boatos e mentiras que circulam nas redes sociais, publicados nos sites do JC Online, NE10, Rádio Jornal e TV Jornal. Entre os assuntos já abordados, há matérias sobre como se produz uma vacina, como funciona a segurança das urnas eletrônicas, quais são os projetos de checagem surgidos no Nordeste brasileiro, entre outros. Caso a audiência tenha dúvidas ou sugestões de pautas sobre desinformação, popularmente conhecidas como “fake news”, pode enviar e-mails para contato@confere.ai. O conteúdo fica sempre na home dos sites do SJCC, embaixo da lista de blogs e colunas.


Selecionado pelo Desafio de Inovação da Google News Initiative para a América Latina, sendo o único projeto 100% do Nordeste contemplado entre os 30 escolhidos em todo o continente, o Confere.ai funciona como um filtro e foi lançado em um momento vital para o combate à desinformação: o encontro entre a infodemia da covid-19 e a campanha eleitoral. "Essa é uma preocupação constante no Sistema Jornal do Commercio. Nós esperamos com isso que nosso leitores, ouvintes e telespectadores adquiram o saudável hábito de conferir o que recebem antes de compartilhar", afirma a diretora de Estratégias Digitais do SJCC, Maria Luiza Borges.

 

confereai
Na página inicial do Confere.ai, você pode ler matérias sobre combate à desinformação e também enviar links e textos para serem checados. - confereai

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias